EMPRESAS

Avianca Argentina encolhe operação e preocupa sindicato

Parece que a crise da marca Avianca não é algo exclusivo do Brasil. O sindicato dos aeronautas da Argentina (Asociación Argentina de Aeronavegantes) disse que a situação da Avianca Argentina está causando uma profunda preocupação em todo o país. Segundo a entidade, a diminuição de rotas e os atrasos nas diárias e pagamentos dos funcionários são coisas recorrentes dentro da companhia nos últimos meses (assim como a homônima brasileira).


“Das cinco rotas que a Avianca Argentina realizava em janeiro deste ano, hoje efetua apenas duas. Esta situação nos põe em alerta pelo perigo que isso acarreta na conservação dos postos de trabalho”, afirmou a associação, em comunicado postado em sua página oficial do Facebook.

LEIA TAMBÉM
Avianca Brasil manterá voos em apenas 4 cidades, veja quais
Presidente da Avianca Holdings renuncia ao cargo

Ainda de acordo com o comunicado, houve uma diminuição do investimento para o crescimento da Avianca Argentina após a piora na situação econômica da “irmã” Avianca Brasil.

Em dezembro do ano passado, a Avianca Argentina abriu vendas para um voo que realizaria, a partir de 5 março, a rota Buenos Aires-Guarulhos. A operação seria com um Airbus A320 (emprestado da Avianca Brasil). No entanto, com menos de duas semanas do lançamento, a empresa voltou atrás e suspendeu o início do voo. A companhia precisou reacomodar todos os passageiros com passagens compradas em voos de outras empresas.

Atualmente, a Avianca Argentina voa de Buenos Aires para Mar del Plata e Santa Fe, com os dois ATRs 72 recebidos no início de sua operação, no segundo semestre de 2017.

Procurada, a empresa disse que não se manifestaria sobre o assunto, de acordo com sua assessoria de imprensa (a mesma da Avianca Brasil).


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA