EMPRESAS

Credora consegue suspender leilão da Avianca Brasil


Divulgação/Avianca

O leilão da Avianca Brasil, que estava programado para amanhã, às 14h, foi suspenso devido à uma liminar da justiça de São Paulo. De acordo com o portal G1, a decisão atende a um pedido feito pela Swissport Brasil, que atua com serviços de logística em aeroportos. A empresa, que disse ser credora de R$ 17 milhões, alega que o plano de recuperação judicial da companhia é baseado na transferência de slots, que é proibido por lei.

Ainda segundo a liminar, o relator Ricardo Negrão pede que o juiz Thiago Henriques Papaterra Limongi, da. 1ª Vara De Falências e Recuperações Judiciais, determine a apresentação de um novo plano que seja factível e atenda aos interesses da coletividade de credores.

Em nota, a Avianca Brasil confirmou a suspensão do leilão e diz que está estudando as medidas cabíveis.

Leia abaixo a nota da companhia na íntegra:


"A Avianca Brasil confirma que um de seus credores pediu a suspensão da homologação do plano de recuperação judicial da empresa, que tem como efeito a suspensão do leilão que seria realizado nesta terça-feira, 7 de maio. Neste sentido, a companhia informa que está estudando as medidas cabíveis a serem tomadas."

Atualizado às 16h48 do dia 6/5
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA