EMPRESAS

Novo poderoso da Avianca diz que aérea retomará seu brilho

Roberto Kriete, novo presidente do Conselho de Administração da Avianca Holdings, está bastante otimista com o futuro do conglomerado após a saída de German Efromovich. Em um vídeo divulgado internamente, o executivo afirma que clientes, funcionários e acionistas devem aguardar um futuro ainda mais promissor para a empresa. “Excelentes notícias estão chegando junto com os novos membros do conselho”, disse.


Reprodução/Avianca

“Somos uma empresa colombiana, mas também salvadorenha, equatoriana, guatemalteca, peruana e com muitas pessoas trabalhando. Vamos recuperar a energia que tínhamos no passado ", afirmou o executivo para os mais de 18 mil colaboradores da Avianca Holdings.

Kriete disse ainda que o projeto desenhado pela United Airlines e Kingsland Holdings para a Avianca é de extrema transformação, para uma empresa que seja focada integralmente no ser humano, seja ele colaborador ou passageiro.

"A governança corporativa que temos agora na Avianca é moderna, com definições claras das funções de cada um dos executivos. Vocês não me verão com frequência na mídia, pois o meu papel aqui é dirigir o conselho. Nós temos mais 100 anos de muito trabalho pela frente e é por isso que eu estou aqui."

ENTENDA O CASO

Na última sexta-feira, o empresário German Efromovich perdeu o controle e o cargo de presidente do conselho da Avianca Holdings. O motivo é o calote de um empréstimo dado pela United Airlines no ano passado, na ordem de US$ 456 milhões. German é irmão de José Efromovich, dono da Avianca Brasil, que teve suas operações suspensas em todo o País

Em nota oficial, a Avianca Holdings reiterou que a United Airlines não assumiu o controle do conglomerado, nem de sua operação e de suas decisões de negócios. "O que aconteceu foi uma mudança na governança corporativa do grupo, mas não em sua composição. As medidas anunciadas hoje não alteram o curso da aliança existente entre Avianca, United e Copa."

Veja abaixo o vídeo na íntegra:


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA