EMPRESAS

Avianca aposta em parcerias com Azul e Gol para crescer no Brasil


Danilo Teixeira Alves
CEO da Avianca Holdings, Anko van der Werff, e o CFO, Adrian Neuhauser
CEO da Avianca Holdings, Anko van der Werff, e o CFO, Adrian Neuhauser


BOGOTÁ - O CEO da Avianca Holdings, Anko Van der Werff, disse hoje que a empresa aposta nas parcerias de codeshare com Azul e Gol para aumentar a sua capilaridade no Brasil. Segundo ele, esses dois contratos são muito importantes para conectar os clientes da Avianca Holdings com cidades que vão além de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

"São duas empresas muito boas e bastante reconhecidas no mercado brasileiro. Acredito que a Avianca Holdings estará cada vez mais próxima delas no futuro" disse o executivo, em coletiva de imprensa com jornalistas de todo o mundo.

O CEO descartou a possibilidade de criação de uma companhia aérea brasileira com 100% de capital estrangeiro, mas disse que a aérea avalia crescer em frequências e destinos no Brasil.

Em meio a polêmicas de um vídeo vazado recentemente, onde um executivo da companhia afirma que a aérea estaria quebrada, Anko explica: "Ele escolheu as palavras erradas em um momento informal, e alguém se aproveitou disso para viralizar e espalhar esse conteúdo. Não estamos, não pensamos em estar e não queremos pensar em qualquer processo de quebra ou recuperação judicial."

A quebra da Avianca Brasil também foi um assunto tocado pelo CEO do conglomerado colombiano. "O que aconteceu com a Ocean Air não tem nada a ver com a gente. A Ocean Air não fazia, nunca fez e nunca fará parte da Avianca Holdings", disse ele, que reiterou que a empresa segue operando normalmente e que continua associada à aliança Star Alliance.

Viajando a convite da Avianca Holdings, o Portal PANROTAS é um dos três veículos do Brasil convidados para o evento e a única mídia especializada do País.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA