EMPRESAS

Gol já transportou quase 200 mil clientes entre Brasil e Chile


Emerson Souza
Daniela Araújo, da Gol, e César Ramírez, do Serviço Nacional de Turismo do Chile (Sernatur)
Daniela Araújo, da Gol, e César Ramírez, do Serviço Nacional de Turismo do Chile (Sernatur)
A Gol já realizou o transporte de 200 mil passageiros nos seus voos operados entre o Brasil e Chile em 2019. Segundo a gerente executiva de Mercados Internacionais da companhia, Daniela Araújo, é um volume muito representativo. "Nos nossos voos a ocupação média é de 80% nas frequências entre Brasil e Chile, o que também nos deixa satisfeitos, mas claro que sempre queremos mais".

"O intuito é apostar em novas rotas e frequências, trabalhando em conjunto com entidades de fomento ao Turismo para desenvolver o setor. Dessa maneira, levamos brasileiros a destinos internacionais e trazemos também estrangeiros para conhecer as belezas do País”, comenta Daniela, durante roadshow do destino em São Paulo

“Iniciamos em julho a rota Santiago-Recife, na qual colocamos muita expectativa porque há muito espaço para trabalhar a praia brasileira para o público chileno, assim como conectar o Nordeste ao frio e ao Turismo que é, de maneira geral, bastante diferente no Chile. Nessa rota temos uma frequência semanal, aos sábados, saindo de Santiago no meio da tarde e retornando no final da noite. Além disso, servimos mais três destinos com voo para o Chile, que são Guarulhos (SP), com duas frequências diárias, Galeão (RJ), com uma, e Foz do Iguaçu com a sua frequência semanal na alta temporada.”
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA