EMPRESAS

Fly Caribbean Direct revela detalhes da estreia no Brasil


Marcos Martins
Stephan Huisman, da FLY-CD
Stephan Huisman, da FLY-CD
A Fly Caribbean Direct (FLY-CD), que tem previsão de chegada ao Brasil na metade de 2020, revelou mais detalhes dos voos de São Paulo (Guarulhos) e Brasília a Bonaire, no Caribe, que servirá de base para outros destinos. Todos os voos no País serão operados em aeronaves A320 com 180 assentos, mas há possibilidade de uso do A330-300 de acordo com a demanda.

São Paulo terá ligações todas as quartas e sábados para Cancun, e terças e sextas-feiras para Aruba. Já Brasília terá voos para Cancun às quintas e domingos, e para Aruba às segundas. Estas rotas serão operadas via Bonaire e os voos sairão por volta de meia-noite para que os viajantes cheguem cedo aos destinos.

Divulgação
Mapa de rotas da FLY-CD
Mapa de rotas da FLY-CD
No entanto, haverá outras ligações para Punta Cana, na República Dominicana, e Varadero, em Cuba. A nova companhia holandesa aguarda apenas os órgãos regulatórios e voará também de Buenos Aires (Ezeiza) e Córdoba, na Argentina, a Bonaire, utilizando A319 com 150 lugares. Além disso, as rotas contarão com membros brasileiros e argentinos na tripulação para estabelecer uma ligação mais próxima.

“As férias vão começar assim que os passageiros entrarem no avião. Teremos serviços como wi-fi em todos os voos e, para famílias, um dos diferenciais é que as crianças receberão uma bolsa com itens de entretenimento”, adianta o CEO da FLY-CD, Stephan Huisman. “Nesta semana terei diversas reuniões com parceiros do trade brasileiro e grandes grupos estão interessados nas nossas operações, que chegam para facilitar as viagens ao Caribe.”

Mais informações em: fly-cd.com.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA