Voepass (Passaredo) e MAP suspendem operações no Brasil

|


Guilherme Dotto/Rao Spotter

A Voepass Linhas Aéreas (ex-Passaredo) informou que suspenderá temporariamente todos os seus voos, a partir de segunda-feira, dia 23 de março. Nas últimas semanas, a demanda pela comercialização de passagens chegou próximo de zero, enquanto os no-show e cancelamentos cresceram substancialmente.

A empresa disse que "deliberou com os sindicatos a melhor forma para preservar os postos de trabalho e as propostas estão sendo apresentadas aos colaboradores". Entre as medidas a companhia concederá para parte dos colaboradores licença remunerada, com pagamento de 20% do salário base a todos os funcionários em licença a título de abono. Já os colaboradores que permanecerão em atividade na empresa, estes poderão ter redução na carga horária e no salário, incluindo casos de home-office. Todos os diretores e gerentes irão manter normalmente suas atividades, também com redução salarial.

"O período será uma hibernação para que, no curto prazo, a Voepass consiga voltar ao seu processo de reestruturação e crescimento com a mesma intensidade dos últimos meses. Estamos monitorando o mercado de forma constante e estaremos prontos para retomar as operações no momento propício e adequado".

MAP
A MAP Linhas Aéreas também informou que suspenderá temporariamente e por tempo indeterminado todos os seus voos. Será mantido apenas um contrato de fretamento no Norte do País. A previsão é que, na primeira quinzena de junho, se inicie o processo de retomada das operações.


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA