Latam faz atendimento remoto em check-in de passageiros; entenda

|

A Latam Airlines Brasil anunciou um projeto denominado "Atendimento Remoto", que traz um novo modelo de atendimento de check-in nos aeroportos. Capaz de proporcionar uma experiência sem contato para os clientes e funcionários, a iniciativa é uma forma de prevenção contra a covid-19. A nova forma de check-in já está implementada no Rio de Janeiro (Santos Dumont) e em São Paulo (Congonhas) e deverá ser expandida para outros aeroportos em breve.

Divulgação
Além das medidas de segurança e higiene implementadas desde março, a interação no check-in entre passageiro e funcionário será remota e por videoconferência
Além das medidas de segurança e higiene implementadas desde março, a interação no check-in entre passageiro e funcionário será remota e por videoconferência
O projeto reforça a campanha "Nova forma de voar” e foi desenvolvido pela companhia com o objetivo de implementar novas soluções que aumentem a tranquilidade dos clientes quando forem viajar, com manutenção do atendimento com funcionários da empresa que, mesmo à distância, continuarão a prestar todo o suporte no momento do check-in.

O fluxo de atendimento no novo projeto é o mesmo que ocorre atualmente, sem nenhuma alteração. No entanto, o funcionário da companhia que irá atender os clientes no check-in não estará no guichê presencialmente, realizando o processo de forma totalmente remota de qualquer cidade do Brasil, interagindo com os passageiros por meio de um sistema de videoconferência e oferecendo todo o apoio para que o processo seja efetuado normalmente.

O cliente aguarda na fila, respeitando o distanciamento, até ser direcionado para uma posição de atendimento. No primeiro passo, os dados de viagem e documentação são confirmados, através do sistema de câmeras. Depois, há uma verificação de segurança sobre presença de artigos proibidos ou perigosos na bagagem. Em caso de necessidade de despacho de bagagem, o cliente posiciona a bagagem na balança ou esteira.

Remotamente e com o auxílio de câmeras, o atendente realiza a conferência do peso e tipo de bagagem. A impressão da etiqueta de bagagem com instruções para manuseio correto é disponibilizada para o cliente, que deve colocá-la na bagagem. O atendente orienta o passageiro a ativar o botão de acionamento da esteira para despacho da bagagem. E no último passo, o cliente recebe seu cartão de embarque diretamente pelo aplicativo Latam.

“Este é mais um projeto que implementamos nos aeroportos focando na nossa nova forma de voar, garantindo segurança e tranquilidade aos passageiros e permitindo que possam viajar mais confiantes conosco na retomada das operações”, afirma o diretor de aeroportos da Latam Airlines Brasil, Rafael Walker.

Para os próximos meses, estima-se, em uma nova fase do projeto, expansão para mais 11 aeroportos brasileiros, que trabalharão de forma colaborativa. O prazo para instalação de todos os equipamentos necessários e preparo das equipes no novo modelo é de 15 a 20 dias.

A Latam reforça que a implementação do novo projeto não interfere nas demais medidas de segurança e higiene em vigor desde março de 2020. Tanto as medidas nos aeroportos (filas transversais, alternadas e espaçadas nos balcões de check-in e distribuição de álcool gel) quanto às a bordo das aeronaves (uso obrigatório de máscaras, novos processos de limpeza e desinfecção profunda dos aviões, além de novos protocolos de atendimento para promover a menor interação física possível com os passageiros) se mantêm normalmente nas operações da companhia.

VEJA COMO FUNCIONARÁ O ATENDIMENTO REMOTO DA LATAM


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA