China e EUA dobram número de voos entre os países

|

Divulgação/ Airbus
O Departamento de Transportes dos Estados Unidos aprovou o aumento de voos entre as cidades americanas e a China, permitindo que as quatro empresas chinesas operando entre os dois países (Air China, China Eastern Airlines, China Southern Airlines e Xiamen Airlines) possam chegar a oito operações de ida e volta por semana (duas para cada companhia, o dobro do permitido atualmente).

A China já havia autorizado o aumento de voos para duas empresas americanas, a Delta e a United Airlines (quatro vezes por semana cada, totalizando os oito voos semanais).

A decisão mostra uma boa vontade das duas partes na direção da retomada da capacidade total de voos pré-pandemia, entre a China e os Estados Unidos. No começo do ano esse número era de 300 voos por semana, que foram sendo cortados à medida em que a pandemia avançava.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA