Demanda doméstica da Gol cresce 114% sobre junho

|

Divulgação
Em julho, Gol aumentou sua malha para aproximadamente 200 voos por dia
Em julho, Gol aumentou sua malha para aproximadamente 200 voos por dia
Em julho, a Gol Linhas Aéreas aumentou sua malha para aproximadamente 200 voos por dia, reabriu bases em Viracopos (São Paulo), Santarém (Pará), Uberlândia (Minas Gerais) e Vitória da Conquista (Bahia) e aumentou operações nos principais hubs brasileiros nos aeroportos de Guarulhos, Brasília e Galeão.

No mercado doméstico, em julho a demanda (RPK) para os voos da companhia aérea cresceu 114% sobre junho e a oferta (ASK) aumentou em 117% em comparação com o mês anterior. A taxa de ocupação da transportadora foi de 78,1%, uma queda de 6,6 pontos percentuais em relação aos 84,7% em julho do ano passado. Não foram realizados voos internacionais durante o mês.

Diante da pandemia, em comparação com julho de 2019, as decolagens (nacionais e internacionais) caíram 78%, indo de 24.620 para 5.420, e a quantidade de passageiros transportados diminuiu 80,6%, registrando 692 mil, em relação aos 3,57 milhões no mesmo período do ano passado.

AGOSTO
A Gol retoma voos para Campina Grande (PB) e Montes Claros (MG), de Guarulhos, e Marabá (PA), de Brasília, neste mês. Com esses serviços, a companhia contempla 90% de seus destinos domésticos no que classifica como "retomada sustentável".
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA