Entidade pede fim de quarentenas e testagem firme e global de paxs

|

A Alta (Associação Latino-Americana e do Caribe de Transporte Aéreo) reiterou, por meio de seus membros executivos, a importância de uma abordagem ‘firme e global’ de testagem de passageiros internacionais. A ideia da associação é que isso seja uma alternativa mais eficiente às medidas de quarentena, restaurando, assim, a confiança dos viajantes.

Além disso, a Alta pediu aos governos para adotarem uma abordagem equilibrada com base na avaliação de risco, removendo quarentenas e adotando requisitos de teste pré-voo padronizados, reabrindo fronteiras e admitindo viajantes de qualquer nacionalidade que chegam por meio de viagens aéreas.

Pixabay/Elchinator
Esse foi o principal assunto abordado durante a Assembleia Geral Anual da entidade. Segundo a Alta, as restrições regionais de viagens em função da covid-19 tiveram relevante impacto na aviação, no Turismo e na economia, colocando em risco cerca de 6 milhões de empregos apenas no setor.

“Esse é um cenário altamente complexo para as pessoas e os países, sobretudo porque as evidências mostram que a aviação não é um vetor de disseminação da covid-19, mas sim o meio de transporte mais seguro e eficiente, também durante a pandemia”, informou a associação por meio de nota.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA