United inicia testes para clientes no Aeroporto de San Francisco

|

Divulgação
United iniciou testes de covid-19 para clientes no Aeroporto de San Francisco viajando ao Havaí
United iniciou testes de covid-19 para clientes no Aeroporto de San Francisco viajando ao Havaí
Os passageiros que viajam pela United do Aeroporto Internacional de San Francisco para o Havaí foram ontem (15) os primeiros a experimentar o programa de testes piloto de covid-19 da companhia aérea, excluindo a necessidade de quarentena obrigatória na ilha para os que tiveram resultado negativo.

Em colaboração com o aeroporto, os viajantes agora têm a opção de fazer um teste rápido pré-voo no mesmo dia no terminal ou um teste drive-thru localizado no Centro de Manutenção da companhia aérea em San Francisco antes da viagem.

"Não há dúvida de que a covid-19 mudou a experiência de viagens e a United está comprometida em inovar para ajudar os clientes a continuar a viajar para onde desejam de uma maneira segura. Em parceria com o Aeroporto de San Francisco, esperamos ajudar a reabrir a economia havaiana e tornar as opções de teste mais amplamente disponível para que possamos continuar a conectar pessoas”, diz o diretor de Clientes da aérea, Toby Enqvist.

São disponibilizados dois testes para os clientes que viajam para o Havaí: um rápido feito no aeroporto no dia da viagem ou um drive-thru realizado entre 48 e 72 horas antes da partida. Passageiros que tiverem resultado negativo em qualquer uma das opções estarão isentos dos requisitos de quarentena em Lihue, Maui e Honolulu. Já os que estiverem viajando para Kona serão obrigados a fazer um segundo teste gratuito quando chegarem à ilha para evitar o isolamento.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA