Voos entre Roma e Milão exigem testes para covid-19 até novembro

|


Wikicommons/Bene Riobó
A iniciativa visa apoiar a recuperação do tráfego aéreo e reforçar a confiança dos viajantes
A iniciativa visa apoiar a recuperação do tráfego aéreo e reforçar a confiança dos viajantes
O programa experimental de voos "Covid-Tested" na ponte aérea Roma-Milão foi estentido até o dia 6 de novembro, na tentativa de eliminar o risco de propagação da covid-19 e apoiar a recuperação do tráfego aéreo. A iniciativa resultou de um acordo entre a Alitalia, os governos das regiões do Lázio e da Lombardia e os aeroportos de Roma Fiumicino e Milão Linate.

Os voos transportarão apenas passageiros com teste negativo para covid-19 nas rotas: Roma-Milão, todos os dias às 13h30 e de segunda a sexta-feira às 17h30; e Milão-Roma, todos os dias às 10h e de segunda a sexta-feira às 17h. Os passageiros podem realizar o teste de antígeno antes do embarque ou enviar a certificação de um teste molecular (PCR) ou antígeno realizado até 72 horas antes da partida do voo.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA