Lufthansa Group deve oferecer 25% de capacidade no 4T20

|

O Lufthansa Group está revisando para baixo seu planejamento de capacidade para o quarto trimestre, agora que a demanda por transporte aéreo na Europa está diminuindo ainda mais, deve permanecer baixa nos próximos meses do inverno e nenhuma reabertura substancial de voos de longo curso está à vista.

Divulgação
Lufthansa Group planeja capacidade de 25% no quarto trimestre
Lufthansa Group planeja capacidade de 25% no quarto trimestre
De acordo com o planejamento atual, as companhias aéreas do grupo oferecerão apenas no máximo 25% da capacidade do ano anterior para garantir que as operações de voo continuem a gerar uma contribuição de caixa positiva. Ao mesmo tempo, a empresa está trabalhando em medidas de reestruturação em todos os segmentos de negócios, a fim de obter economias de custos de curto e médio prazo e minimizar a saída de caixa operacional.

Quando a companhia aérea começou a reconstruir sua rede em julho, esperava oferecer cerca de 60% da capacidade pré-crise até o final de 2020. Essa meta foi reduzida para 50% depois e, quando as taxas de infecção de covid-19 começaram a subir novamente na Europa e as restrições de viagens foram reforçadas, reduziu para 30%.

Além disso, no terceiro trimestre, o grupo registrou um prejuízo operacional de 1,2 bilhão de euros, em comparação com um lucro de 1,3 bilhão de euros um ano antes. Nos primeiros nove meses deste ano, as companhias aéreas tiveram uma perda de 4,1 bilhões de euros.

No final de setembro, o Lufthansa Group tinha uma liquidez de 10,1 bilhões de euros à sua disposição. Este valor inclui fundos não utilizados do pacote de 9 bilhões de euros proveniente dos auxílios estatais aprovados em junho pela Alemanha, Suíça, Áustria e Bélgica. Deste total, 6,3 mil milhões de euros ainda estão disponíveis.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA