United Airlines planeja contratar 300 pilotos com alta de demanda

|


Divulgação
Desde setembro, cerca de mil pilotos da aérea se aposentaram ou tiraram licença voluntária
Desde setembro, cerca de mil pilotos da aérea se aposentaram ou tiraram licença voluntária
A United Airlines anunciou que planeja contratar cerca de 300 pilotos, dependendo da sua recuperação, citando o aumento das taxas de vacinação e a crescente demanda por viagens. De acordo com o portal CBSN Chicago, a companhia começará contratando pilotos que foram demitidos ou receberam ofertas de trabalho condicional no ano passado, após a redução das viagens aéreas devido à pandemia de covid-19.

"Espero que essa excelente notícia remova qualquer hesitação em relação à expansão de nossas operações. O fato de podermos começar a contratar tão rapidamente - e à frente de nossos concorrentes - foi possível, em parte, pelo Acordo de Recuperação da Pandemia. Obrigado a toda a nossa equipe e à Associação de Pilotos de Linhas Aéreas (ALPA) por suas contribuições para esse importante acordo", disse o vice-presidente sênior de Operações de Voo da United, Bryan Quigley.

Desde setembro, aproximadamente mil pilotos da United Airlines se aposentaram ou tiraram licença voluntária. O CEO da United, Scott Kirby, disse que a demanda doméstica por viagens de lazer se recuperou quase totalmente, mas as viagens internacionais e de negócios permanecem severamente afetadas.


*Fonte: CBSN Chicago

conteúdo original: https://cbsloc.al/3cRVr7v
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA