Itapemirim dobra o número de passageiros transportados em agosto

|

Divulgação
Itapemirim Transportes Aéreos transportou quase 80 mil clientes no mês de agosto
Itapemirim Transportes Aéreos transportou quase 80 mil clientes no mês de agosto
A Itapemirim Transportes Aéreos, empresa aérea do Grupo Itapemirim, anuncia hoje (17) os resultados operacionais de agosto de 2021. No período, 79.529 clientes foram transportados, o que representa um crescimento de 105% em comparação ao mês anterior.

Foram 721 voos (etapas) realizados, número 70% superior ao atingido em julho, primeiro mês da operação comercial da ITA. A pontualidade da empresa também está em curva ascendente. Em agosto, o índice chegou a 89%, contra 77% em julho. A ocupação média foi de 70%, (load fator), 13% maior do que a alcançada em julho.

O mês de agosto também foi marcado pela inauguração de novos destinos e pela expansão da malha aérea da companhia. As cidades de Fortaleza (CE), Florianópolis (SC), Maceió (AL), Natal (RN) e Recife (PE) passaram a ser atendidas pela ITA em 1° de agosto.

Já no dia 16, a empresa agregou novas rotas a sua malha aérea: Natal-Fortaleza, Rio de Janeiro (Galeão)-Fortaleza, Porto Seguro (BA)-Salvador, Rio de Janeiro (Galeão)-Salvador, Maceió-Recife, Rio de Janeiro (Galeão)-Recife, Belo Horizonte (Confins)-Brasília e Brasília-Salvador.

"Estamos muito felizes em observar o crescimento da ITA, por meio dos números mensurados nos primeiros dois meses de operação. Ainda em 2021, prevemos a chegada de novas aeronaves para compor a nossa frota, além da inauguração de novas rotas e destinos. Com isso, a perspectiva é alavancar a nossa participação no mercado brasileiro, oferecendo uma opção de qualidade e muito competitiva para o passageiro", destacou o diretor-executivo da companhia, Adalberto Bogsan.

Os dados obtidos contemplam as operações realizadas nos aeroportos dos 13 destinos atendidos pela nova empresa aérea brasileira, com cinco aeronaves Airbus 320. Estes aviões têm capacidade para transportar até 162 passageiros.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA