Azul anuncia volta a 4 cidades do PR; plano é fazer hub no Estado

|


Divulgação
Ponta Grossa, Pato Branco, Toledo e Guarapuava terão retorno da aérea em dezembro; voos estão à venda
Ponta Grossa, Pato Branco, Toledo e Guarapuava terão retorno da aérea em dezembro; voos estão à venda

A Azul voltará a voar para Ponta Grossa, Pato Branco, Toledo e Guarapuava, no Paraná, a partir de dezembro. Todas essas eram cidades atendidas pela companhia antes da pandemia, e os voos estão à venda a partir de hoje.

Todos os voos partirão de Campinas (SP), exceto o de Pato Branco, que partirá de Curitiba. Os serviços serão cumpridos três vezes por semana, às segundas, quartas e sextas, com as aeronaves ATR 72-600, para 70 pessoas. A partir de março, a companhia pretende voar todos os dias a essas cidades.

Tudo isso foi anunciado hoje em reunião entre representantes da companhia aérea e o governador do estado paranaense, Ratinho Junior, na UniAzul, universidade corporativa da empresa, em Campinas. Na ocasião, a Azul sinalizou que pretende servir mais 11 regiões paranaenses. Seriam Umuarama com os aviões ATR da Azul, e Guaíra, Paranavaí, Francisco Beltrão, Cornélio Procópio, União da Vitória, Cianorte, Campo Mourão, Telêmaco Borba, Arapongas e Apucarana com os Cessna Gran Caravan, para nove clientes, da sub-regional Azul Conecta.

NOVO HUB REGIONAL?
Com isso, a Azul completaria 20 destinos atendidos no Paraná, um recorde que tornaria o Estado com o maior número de cidades operadas pela companhia aérea, que tem a intenção de instalar lá seu hub regional no Sul.

O presidente da Azul, John Rodgerson, comemorou o retorno das quatro cidades, e aproveitou para cobrar do poder público medidas para viabilizar a operação.

"Estamos muito felizes em poder anunciar hoje o retorno de quatro destinos que operávamos antes da pandemia e que ansiavam por esta retomada de nossos voos. Faremos isso já em dezembro, mas, para que possamos oferecer um serviço cada vez melhor, contamos com as autoridades locais na implementação de instrumentos essenciais para a regularidade das nossas frequências", afirmou, diante do governador Ratinho Jr.

"Além disso, apresentamos ao Estado nossa intenção de ampliar os destinos no Paraná, principalmente com a nossa empresa sub-regional Azul Conecta, ao longo de 2022. Se concretizado, este plano deixará o estado paranaense extremamente conectado e, ao mesmo tempo, reforçará a vocação regional da Azul e consolidará Curitiba como um importante centro de conexões da empresa."

"As novas linhas são um salto na logística e na infraestrutura do Paraná. Com melhores condições de deslocamento, mais empresários terão interesse em abrir negócios no nosso Estado, gerando mais emprego e renda para os paranaenses. A chave do desenvolvimento é a integração entre os modais, investir além das rodovias. Estamos construindo o maior programa de aviação regional do País, conectando cidades de médio porte a qualquer canto do mundo e a Azul é parceira nessa iniciativa", ponderou o governador.

VEJA OS HORÁRIOS E FREQUÊNCIAS DOS NOVOS VOOS

Reprodução/Azul

Reprodução/Azul


Reprodução/Azul

Reprodução/Azul




 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA