Delta registrou 8 mil casos de covid-19 entre funcionários

|

Divulgação Delta Air Lines
Aérea precisou cancelar 1% dos seus voos da temporada de verão
Aérea precisou cancelar 1% dos seus voos da temporada de verão
Durante uma entrevista ontem (13), o CEO da Delta Air Lines, Ed Bastian, revelou que 8 mil dos 75 mil funcionários da aérea testaram positivo para covid-19 nas últimas quatro semanas. O fato de aproximadamente 11% da força de trabalho da companhia ter sido contaminada contribuiu para o cancelamento de voos nos Estados Unidos durante a temporada de férias, disse Bastian. As informações são do E Turbo News.

O CEO também previu perdas para a companhia aérea no primeiro trimestre do ano devido à imprevisibilidade da covid-19 e novas cepas de rápida disseminação, como a ômicron. Bastian disse, no entanto, que a situação está começando a se estabilizar e nenhuma ausência por doença evoluiu para algo mais sério.

“Não houve problemas de saúde significativos que estávamos vendo, mas os tirou da operação por um período ao mesmo tempo em que tivemos as viagens mais movimentadas que vimos em dois anos”, contou. Mais tarde, o executivo acrescentou que apenas 1% dos voos foram cancelados pela companhia aérea na semana passada.

O CEO da United Airlines, Scott Kirby, também anunciou três mil infecções por covid-19 entre os 70 mil funcionários da companhia aérea no início desta semana, forçando horários reduzidos para a empresa.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA