Programas de fidelidade batem recordes no terceiro trimestre

|

Dados da Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (Abemf) indicam que os participantes de programas de fidelidade de seis de suas associadas (Dotz, Grupo LTM, Multiplus, Netpoints, Smiles e Tudo Azul) trocaram 64,4 bilhões de pontos (ou milhas) por produtos e serviços no terceiro trimestre de 2018. O número é o maior já registrado pela associação criada em 2014.

Pixabay
Viagens aéreas lideram resgates de programas de fidelidade
Viagens aéreas lideram resgates de programas de fidelidade
Na comparação com o mesmo trimestre de 2017, o crescimento dos pontos resgatados foi de 17,9%. Frente ao trimestre anterior deste ano, o aumento foi ainda maior: 27,5%. Já o faturamento das empresas chegou a R$ 1,76 bilhão, também o maior já registrado, superando em 15,6% o mesmo trimestre do último ano.

Os programas das associadas à Abemf atingiram a marca de 124,7 milhões de cadastros e, só entre julho e setembro, foram 4,1 milhões de novas inscrições. O acúmulo de pontos no período foi de 72,3 bilhões, o que significou um acréscimo de 16,4% na comparação anual.

Já a taxa de breakage, que mede o percentual de milhas que os consumidores deixam expirar, caiu mais de três pontos percentuais, alcançando os 16,6%. Entre os que resgataram a pontuação, 75,3% escolheram bilhetes aéreos e 24,7% optaram por itens do varejo.

No caso das passagens de avião, os destinos nacionais mais procurados foram São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Porto Alegre, enquanto os internacionais foram Miami e Orlando, nos Estados Unidos, Santiago, no Chile, Buenos Aires, na Argentina, e Lisboa, em Portugal.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA