EVENTOS

Programas de fidelidade batem recordes no terceiro trimestre

Dados da Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (Abemf) indicam que os participantes de programas de fidelidade de seis de suas associadas (Dotz, Grupo LTM, Multiplus, Netpoints, Smiles e Tudo Azul) trocaram 64,4 bilhões de pontos (ou milhas) por produtos e serviços no terceiro trimestre de 2018. O número é o maior já registrado pela associação criada em 2014.

Pixabay
Viagens aéreas lideram resgates de programas de fidelidade
Viagens aéreas lideram resgates de programas de fidelidade
Na comparação com o mesmo trimestre de 2017, o crescimento dos pontos resgatados foi de 17,9%. Frente ao trimestre anterior deste ano, o aumento foi ainda maior: 27,5%. Já o faturamento das empresas chegou a R$ 1,76 bilhão, também o maior já registrado, superando em 15,6% o mesmo trimestre do último ano.

Os programas das associadas à Abemf atingiram a marca de 124,7 milhões de cadastros e, só entre julho e setembro, foram 4,1 milhões de novas inscrições. O acúmulo de pontos no período foi de 72,3 bilhões, o que significou um acréscimo de 16,4% na comparação anual.

Já a taxa de breakage, que mede o percentual de milhas que os consumidores deixam expirar, caiu mais de três pontos percentuais, alcançando os 16,6%. Entre os que resgataram a pontuação, 75,3% escolheram bilhetes aéreos e 24,7% optaram por itens do varejo.

No caso das passagens de avião, os destinos nacionais mais procurados foram São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Porto Alegre, enquanto os internacionais foram Miami e Orlando, nos Estados Unidos, Santiago, no Chile, Buenos Aires, na Argentina, e Lisboa, em Portugal.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA