INVESTIMENTOS

Aeroporto de Salvador terá financiamento de R$ 516 mi para obras

Wikicommons
O aeroporto de Salvador, assumido este ano pela administradora francesa Vinci Airports, firmou um acordo de financiamento de R$ 516 milhões com o Banco do Nordeste (BNB) para dar início à primeira fase das obras de ampliação e modernização do terminal.

O financiamento será concedido com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e o seu prazo é de 20 anos. Trata-se do primeiro acordo integral desse tipo sem garantia (do tipo non-recourse) do setor aeroportuário brasileiro.

“Esse acordo também é mais uma demonstração da nossa capacidade de oferecer soluções inovadoras para o mercado brasileiro em rápido crescimento, com os parceiros certos e a nossa abordagem para investimentos”, declarou o presidente da Vinci Airports, Nicolas Notebaert.

Desde 2 de janeiro à frente do comando, a Vinci introduziu em Salvador a primeira fase das obras de expansão e modernização do espaço, com ampliação e infraestrutura do local de aeronaves, construção de uma nova área de embarque de 20 mil metros quadrados e renovação do terminal de passageiros.

O período de concessão da administradora francesa no aeroporto é de 30 anos. Até lá, o investimento total deve chegar a R$ 1,5 bilhão.

A entrega dessa primeira fase está prevista para acontecer em outubro de 2019.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA