Novo modelo de voo faz Angra dos Reis crescer 14% em pax; entenda | Investimentos | PANROTAS
INVESTIMENTOS

Novo modelo de voo faz Angra dos Reis crescer 14% em pax; entenda

Divulgação/Aeroporto de Angra dos Reis
O Governo Federal investirá R$ 31 milhões na ampliação da pista
O Governo Federal investirá R$ 31 milhões na ampliação da pista
O Aeroporto de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, tem recebido um aumento significativo no número de turistas. De acordo com o diretor do Angra Aeroportos, Marco Galvão, durante este primeiro semestre, foi registrado um acréscimo de 14% no terminal, que possui uma média de oito mil operações de pousos e decolagens por ano.

Um dos fatores para esse crescimento tem sido um novo formato de voos: o de compartilhamento de assentos em jatos executivos. Por meio do aplicativo Flapper, o serviço tem levado mais visitantes para a região. As operações foram iniciadas em fevereiro deste ano.

“Nos feriados, o número de voos aumenta muito. Por exemplo, em um dos últimos feriados de quinta-feira a domingo, tivemos 440 operações de pousos e decolagens, com 45 aeronaves pernoitando nos pátios, ou seja, quase que a média mensal em apenas um fim de semana”, ressalta Galvão.

Há a expectativa dos números subirem ainda mais com o projeto de ampliação de sua pista de 917 metros para 1,2 mil metros, possibilitando que aviões de até 50 lugares pousem. O investimento de R$ 31 milhões será realizado pelo Governo Federal, com as obras previstas para acabar em 2019.

Além da ampliação da pista, há um projeto global para a construção de um complexo aeroportuário, com mudanças entorno do aeroporto. Conforme Galvão, a ideia é que o complexo tenha hangares para helicópteros e aviões, marina com vagas secas e molhadas para embarcações, dois empreendimentos hoteleiros, um centro de convenções e um auditório para eventos, um Mall voltado para marina e hotéis e centro comercial para atender o bairro de Japuíba.

“Estamos prevendo também um Centro Educacional e de Capacitação de mão de obra focado nas necessidades do complexo aeroportuário, focado em preparar e capacitar as pessoas da própria comunidade, gerando empregos e aumentando a qualidade de vida dos moradores da região”, informa o diretor.

A primeira fase do projeto é a construção da marina e do centro comercial, bem como a ampliação da pista, com início das obras ainda nesse ano.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA