INVESTIMENTOS

Aéreas nacionais terão a maior frota para o verão desde 2015

As companhias aéreas brasileiras afirmaram, em reunião durante a 16ª edição do Fórum de Líderes da Aviação, que a malha aérea – prejudicada em 2019 pela quebra da Ocean Air (Avianca Brasil) estará totalmente reposta até janeiro de 2020 e que será a maior frota durante a temporada de verão desde 2015.

Divulgação
Preço das passagens poderá cair, segundo o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio
Preço das passagens poderá cair, segundo o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, comemorou a notícia e ressaltou que a reposição da malha aérea impacta diretamente no preço das passagens. “Esse anúncio reflete as medidas assertivas tomadas por este governo que tem o objetivo de desburocratizar e facilitar a vida de quem empreende e gera emprego no Brasil. Aumentar a oferta de voos vai garantir a qualidade do serviço e trazer um preço mais justo aos consumidores. Dessa forma, vamos conseguir melhorar e fomentar o Turismo interno e internacional”, ressaltou o ministro.

“O ano de 2019 teve uma agenda muito rica no ambiente regulatório e no parlamento. Debatemos capital estrangeiro, desregulamentações da prestação de serviço, como no caso do transporte de bagagens, ICMS e em todos esses momentos contamos com o empenho destas lideranças”, comentou o presidente da Abear, Eduardo Sanovicz.

Revisão da tributação do querosene de aviação (QAV), desenvolvimento da aviação regional, novo Código Brasileiro de Aviação (CBA) e judicialização no setor aéreo também foram temas abordados durante o encontro.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA