NOVAS ROTAS

Brasil e Nicarágua assinam acordo de céus abertos

Dove Hunter
Ilha de Little Corn, na Nicarágua
Ilha de Little Corn, na Nicarágua
A aviação nacional tem acordos de céus abertos assinados com 107 países. A mais recente adesão à lista veio nesta semana, com a assinatura do acordo com a Nicarágua. Este ano já haviam sido anunciados os entendimentos com Estados Unidos, Finlândia, Seychelles e Moldova.

De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o acordo é estruturado em quatro pilares: direitos de tráfegos até a 5ª liberdade do ar – ou seja, empresas aéreas dos dois países poderão explorar serviços regulares entre os respectivos territórios, combinando pontos intermediários ou além em outros países, utilizando o chamado tráfego acessório; capacidade livre - sem limitação de voos que podem ser oferecidos; abertura total do quadro de rotas - sem direitos de cabotagem; regime de liberdade tarifária e amplo compartilhado de códigos entre empresas aéreas.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

As mais lidas agora