PARCERIAS

Qatar Airways fecha acordo de patrocínio com o Boca Juniors

Reprodução Twitter
A Qatar Airways está interesseda no mercado sul-americano, tanto que, desde 2010, possui voos diários para São Paulo e Buenos Aires, e em 2016 comprou 10% da Latam. Agora, a relação com o público argentino ficará mais forte: a companhia aérea anunciou, nesta terça-feira (8), a assinatura de um acordo de patrocínio com o Boca Juniors, um dos gigantes do futebol do País.

A empresa passará a estampar sua logomarca na área mais nobre da icônica camisa azul e amarela (e demais materiais esportivos oficiais do clube) a partir da próxima temporada, que começa após a Copa do Mundo da Rússia. O evento máximo do futebol, inclusive, também é patrocinado pelos cataris.

O acordo de patrocínio vale até a temporada 2022/2023 e visa expandir a imagem da empresa não só no continente, como em todo o mundo, uma vez que os jogos do Boca também são transmitidos para outros países.

“A Qatar Airways está feliz pela parceria com o mundialmente conhecido Boca Juniors, engrandecendo nosso portfólio de patrocínios esportivos com as melhores equipes do mundo. Estamos ansiosos por expandir nossa presença na América do Sul com nossa marca representada nas camisas dos uniformes das equipes e esperamos apoiar o Boca nas próximas temporadas”, comemorou o CEO da companhia, Akbar Al Baker.

O clube argentino não será o primeiro a estampar a marca da Qatar em sua camisa. Entre 2013 e 2017, o Barcelona contou com a empresa como patrocinadora máster e, atualmente, a Roma também possui acordo semelhante.

"Estamos muito orgulhosos e gratos pelo fato de uma das companhias aéreas de maior prestígio no mundo ter escolhido o Boca Juniors como parte de sua estratégia de expansão regional na América do Sul. Temos a certeza de que esse acordo será frutífero para ambas as instituições no tocante ao cumprimento de objetivos e metas", comentou o presidente da equipe argentina, Daniel Angelici.

Os valores do negócio não foram revelados.


*Fonte: Qatar Airways

conteúdo original: https://bit.ly/2KLe8cW
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA