Min. da Saúde destaca atuação da Abear no transporte órgãos

|

Divulgação
O ministro interino da Saúde, Rodrigo Cruz, ao lado da assessora de Relações Institucionais da Abear, Jurema Monteiro
O ministro interino da Saúde, Rodrigo Cruz, ao lado da assessora de Relações Institucionais da Abear, Jurema Monteiro
O ministro interino da Saúde, Rodrigo Cruz, destacou hoje (27) a contribuição da Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas) e das companhias aéreas nacionais pelo transporte gratuito de órgãos para transplante. Cruz participou da cerimônia de lançamento da Campanha Nacional de Incentivo à Doação de Órgãos, promovida pelo Ministério da Saúde, em Brasília. Atualmente, 53,2 mil pessoas estão na fila para receber a doação de um órgão, segundo dados informados pela pasta.

Em 2020, as companhias aéreas nacionais transportaram 4,8 mil itens para transplante, por meio de 2,9 mil voos. Somente no primeiro semestre de 2021, foram embarcados nas aeronaves da aviação comercial 2,5 mil itens, em 1,6 mil voos.

“Agradeço a Abear e as empresas aéreas brasileiras por sua valiosa contribuição nesse programa importante para o sistema de saúde nacional”, disse o ministro da Saúde substituto enfatizando que o SUS (Sistema Único de Saúde) representa a maior rede pública de doação de órgãos do mundo.

ASAS DO BEM
Em 2014, a Abear lançou o programa Asas do Bem, com o objetivo de divulgar a importância do transporte gratuito de órgãos, tecidos, equipes médicas e materiais realizado diariamente no País por suas associadas. A contribuição da aviação comercial no transporte de órgãos teve início em 2001. O esforço inclui, atualmente, além das companhias aéreas, o Ministério da Saúde, a CNT, o Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), órgão do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), e operadores aeroportuários.

“Participar do programa de doação de órgãos, coordenado pelo Ministério da Saúde, é motivo de orgulho para Abear e suas associadas. Além de conectar as pessoas e destinos, as empresas aéreas também podem contribuir com ações como essa que salvam vidas”, afirmou a assessora de Relações Institucionais da Abear, Jurema Monteiro.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA