Rodrigo Vieira   |   04/07/2024 15:17
Atualizada em 05/07/2024 14:25

Azul e Gol: veja rotas já à venda no codeshare

Rio de Janeiro e Brasília estão entre as cidades que contarão com voos compartilhados entre as aéreas

Arquivo PANROTAS
John Rodgerson e Celso Ferrer, CEOs de Azul e Gol, respectivamente
John Rodgerson e Celso Ferrer, CEOs de Azul e Gol, respectivamente

Reveladas as primeiras rotas já disponíveis no codeshare entre Azul Linhas Aéreas e Gol Linhas Aéreas. Os voos já podem ser emitidos pelos canais de venda oficiais das companhias aéreas e consolidadoras. O código compartilhado, no entanto, só vale para voos a partir de 20 de julho.

Voos da Gol que já podem ser comprados via Azul:

  • Brasília (BSB) - Marabá (MAB)
  • Brasília (BSB) - Teresina (THE)
  • Cruzeiro do Sul (CZS) - Rio Branco (RBR)
  • Rio de Janeiro (GIG) - Manaus (MAO)
  • Rio de Janeiro (GIG) - São José dos Campos (SJK)

Voos da Azul que já podem ser comprados via Gol:

  • Manaus (MAO) — Tefé (TFF)
  • Cuiabá (CGB) - Alta Floresta (AFL)
  • Belém (BEL) - Altamira (ATM)
  • Campinas (VCP) - Correia Pinto (EEA)
  • Belo Horizonte (CNF) - Ipatinga (IPN)

Azul e Gol tiram dúvidas sobre o codeshare em seus sites


Reprodução
Site da Gol com informações sobre parceria com a Azul
Site da Gol com informações sobre parceria com a Azul

As duas companhias aéreas já contam, em seus respectivos portais, com informações sobre o compartilhamento de código. Veja nos sites da Gol e da Azul.

Mais sobre o codeshare Gol-Azul

  • Conforme anunciado no fim de maio, a parceria entre Gol e Azul incluirá apenas as rotas domésticas exclusivas, ou seja, operadas por uma das duas empresas e não a outra. As rotas que são operadas por ambas as companhias não entram no codeshare.
  • O acordo também deve envolver os programas de fidelidade, embora no site das aéreas esteja comunicando que por ora essa facilidade não está incluída.
  • Check-in: O check-in deverá sempre ser feito nos canais digitais ou presencialmente nos balcões nos aeroportos da companhia aérea que opera o voo ou o primeiro trecho no caso de voos com conexão, independentemente da companhia que vendeu a passagem. No caso de voos com conexão, o Cliente receberá todos os cartões de embarque de sua viagem no check-in.
  • Bagagem: O despacho de bagagens segue a mesma regra do check-in. Deve ser realizado com a companhia aérea que opera o voo ou o primeiro trecho, e serão entregues no destino final, independente de conexão com a outra companhia.
  • Mudanças: Remarcações e cancelamentos das reservas devem ser tratados com a companhia que vendeu a passagem.
  • Mais regras: As facilidades adicionais e itens opcionais, como assentos especiais e bagagens despachadas, além de benefícios de programas de fidelidade e transporte de cargas, mantêm-se sob as regras pré-determinadas por cada companhia e devem ser observadas pelos clientes.

Tópicos relacionados