PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

Aéreas nacionais voltam a transportar 100 milhões de passageiros

Pixabay

O último mês de junho foi marcado pela retomada da aviação nacional. Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), a somatória dos clientes transportados desde julho do ano passado supera 100 milhões de pessoas. A última vez que a marca havia sido alcançada foi em 2015, quando o setor registrou 104 milhões de passageiros.

Segundo a associação, a aviação doméstica registrou uma alta de 4,27% na primeira metade de 2018 em relação ao mesmo período de 2017. A oferta obteve números semelhantes, com um crescimento de 4,3%. Ao todo, foram 44,5 milhões de viagens realizadas até o momento, representando um crescimento de 3,2% sobre o total de 2017 no mesmo período. No acumulado, a participação no mercado foi representado pela Gol (35,7%), Latam (31,95%), Azul (18,49%) e Avianca Brasil (13,86%).

Em relação aos dados do mês, a demanda por viagens no Brasil, comparada com junho de 2017, apresentou uma alta de 5,19%. A oferta, por sua vez, obteve uma ampliação de 8,2%. Foram transportados 7,1 milhões de passageiros nos voos domésticos em junho, alta de 3,66%. A participação por parte das companhias, que correspondem a 99% das operações, ficou com Gol (35,93%), Latam (31,42%), Azul (18,89%) e Avianca Brasil (13,76%).

MERCADO INTERNACIONAL
As companhias associadas representaram 30% das operações internacionais envolvendo o Brasil. Em seis meses, as aéreas tiveram alta da demanda internacional em 15,80%, evolução abaixo da expansão da oferta, que foi de 19,35%.

Ao todo, pouco mais de 4,5 milhões de passageiros internacionais foram transportados, o que representa uma alta de 14,32% em relação ao mesmo período do ano passado. A Latam foi responsável por 68,64% dessas operações, enquanto Azul, Gol e Avianca Brasil ficaram com 15,2%, 9,91% e 6,25%, respectivamente.

Em relação ao mês de junho, a Abear destaca que a demanda por transporte aéreo entre o Brasil e o Exterior teve crescimento de 16,63% um junho na comparação com o mesmo mês em 2017. Já a oferta apresentou forte ampliação de 23,77%.

Ao todo foram transportados 656 mil passageiros no mês em voos internacionais, volume 9,99% superior ao do ano passado. Novamente, a Latam assume a liderança, com 69,86% das operações, seguida por Azul (17,26%), Avianca (6,75%) e Gol (6,12%).
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA