Chile é o país mais competitivo da aviação na América Latina

|


Danilo Teixeira Alves
Brasil aparece em terceiro no ranking
Brasil aparece em terceiro no ranking
O Chile é considerado o país mais competitivo da aviação na América Latina, segundo um novo estudo da Amadeus em parceria com a Associação Latino-Americana e do Caribe de Transporte Aéreo (Alta). A primeira posição é justificada pelas políticas implementadas, que permitem a entrada de novos concorrentes, redução de impostos e investimentos em tecnologia. O Brasil aparece em terceiro lugar, atrás também do Panamá.

O ranking Aviation Industry Competitiveness Index in Latin America considera Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, México, Panamá e Peru, com uma pontuação de 0 a 100 em seis critérios: infraestrutura, impostos e taxas, tecnologia e conectividade, facilitação de passageiros, liberalização do mercado e propensão para viagem.

As melhores avaliações do Brasil no setor aéreo ocorreram nos critérios de facilitação de passageiros e tecnologia. E as notas mais baixas ficaram para os critérios que envolvem a liberdade de mercado e infraestrutura.

Confira abaixo a pontuação média de cada país:

Chile - 82
Panamá - 75
Brasil - 71
Colômbia - 68
México 63
Peru - 59
Argentina - 57
Bolívia - 44

Clique aqui para ver o estudo na íntegra.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA