Aéreas apresentam queda de preço após chegada da ITA

|

Dondinho/Secretaria de Turismo e Lazer do Recife
Em junho, a Itapemirim Transportes Aéreos (ITA) foi lançada, adicionando uma quarta força à aviação nacional. O buscador de voos Viajala.com.br fez um estudo comparativo entre os preços praticados pelas companhias aéreas nacionais Azul, Gol e Latam em algumas rotas que a ITA também começou a operar, logo após o lançamento da venda de passagens da nova companhia.

Segundo a análise, a Gol apresentou queda de preço de até 28% em três das quatro rotas analisadas. A Azul apresentou preços até 17% mais baixos também em três das quatro rotas do estudo. A Latam apresentou queda de preço de 9% em uma das quatro rotas observadas.

Para Josian Chevallier, VP de vendas e cofundador do Viajala, é possível que essas quedas tenham relação com a chegada da nova companhia aérea. "Não podemos afirmar com certeza, já que muitos são os fatores que influenciam no preço das passagens aéreas, mas tem sentido que o preço de uma rota específica fique mais competitivo quando mais companhias passam a operá-la", explicou.

Uma das razões que faz Chevallier creditar a queda de preço ao fomento da competição no mercado aéreo nacional é o fato de que, sem a ITA, essas mesmas rotas tiveram aumento de preço de até 137% entre a segunda quinzena de maio e a primeira de junho, em relação ao mesmo período anterior (entre meados de abril e a primeira metade de maio). "Os preços vinham em uma tendência de alta e tiveram essa queda no valor médio justo no momento em que a vacinação mais avançou", apontou.

Veja abaixo os resultados do estudo feito pelo buscador Viajala.com.br com a média de preço da Gol, Azul e Latam em quatro rotas. O levantamento leva em conta as médias de preços encontradas pelos usuários do Viajala em buscas feitas no período entre 15 de junho e 15 de julho de 2021.

São Paulo - Rio de Janeiro
  • Gol: R$248, queda de 16% em relação ao período anterior. Entre 15 de maio e 15 de junho, o aumento registrado em relação a abril foi de 36%.
  • Azul: R$428, aumento de 36% em relação ao período anterior. Entre 15 de maio e 15 de junho, o aumento registrado em relação a abril foi de 63%.
  • Latam: R$363, queda de 9% em relação ao período anterior. Entre 15 de maio e 15 de junho, o aumento registrado em relação a abril foi de 67%.

Porto Alegre - São Paulo
  • Gol: R$395, queda de 4% em relação ao período anterior. Entre 15 de maio e 15 de junho, o aumento registrado em relação a abril foi de 137%.
  • Azul: R$530, queda de 4% em relação ao período anterior. Entre 15 de maio e 15 de junho, o aumento registrado em relação a abril foi de 54%.
  • Latam: R$461, aumento de 7% em relação ao período anterior. Entre 15 de maio e 15 de junho, o aumento registrado em relação a abril foi de 70%.

Brasília - São Paulo
  • Gol: R$323, queda de 28% em relação ao período anterior. Entre 15 de maio e 15 de junho, o aumento registrado em relação a abril foi de 113%.
  • Azul: R$466, queda de 14% em relação ao período anterior. Entre 15 de maio e 15 de junho, o aumento registrado em relação a abril foi de 23%.
  • Latam: R$402, aumento de 24% em relação ao período anterior. Entre 15 de maio e 15 de junho, o aumento registrado em relação a abril foi de 45%.

Belo Horizonte - Porto Seguro
  • Gol: R$633, aumento de 8% em relação ao período anterior. Entre 15 de maio e 15 de junho, o aumento registrado em relação a abril foi de 43%.
  • Azul: R$622, queda de 17% em relação ao período anterior. Entre 15 de maio e 15 de junho, o aumento registrado em relação a abril foi de 17%.
  • Latam: R$796, aumento de 12% em relação ao período anterior. Entre 15 de maio e 15 de junho, o aumento registrado em relação a abril foi de 45%.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA