MSC estende paralisação e amplia o Cruzeiros Flexíveis

|


Marcel Buono
MSC Magnifica
MSC Magnifica
Os navios da MSC Cruzeiros ficarão parados até 10 de julho de 2020, devido à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. Trata-se de uma extensão da paralisação, que estava prevista para terminar em 29 de maio.

A companhia aponta que está oferecendo aos hóspedes afetados por essa medida uma carta de crédito com a qual eles poderão transferir o valor total pago pelo cruzeiro cancelado para um cruzeiro futuro de sua escolha - em qualquer navio e em qualquer itinerário – até o final de 2021. Além disso, os hóspedes receberão um crédito a bordo entre 100 e 400 euros/dólares, por cabine, dependendo da duração do cruzeiro original.

Quem tem reservas entre 11 de julho e 30 de setembro também fará parte do Programa de Cruzeiros Flexíveis, no qual os hóspedes que já possuem reservas com a MSC podem remarcar a viagem para uma data futura de embarque, até 31 de dezembro, sem custo, para qualquer navio, em qualquer itinerário da frota MSC Cruzeiros.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA