U.S. Travel pede que governo dos EUA abra fronteiras

|

A vice-presidente executiva de Assuntos Públicas e Políticas da U.S. Travel Association, Tori Emerson Barnes, emitiu uma declaração sobre o anúncio de que os Estados Unidos estenderam as restrições de fronteira com México e Canadá até 21 de agosto.

Bravo Prince/Unsplash
U.S. Travel Association pede que governo dos EUA abra fronteiras
U.S. Travel Association pede que governo dos EUA abra fronteiras
No comunicado, a entidade pede à administração Biden que determine uma data e um plano o mais rápido possível para receber visitantes canadenses nas fronteiras terrestres dos EUA. Confira logo abaixo.

“Cada dia que nossas fronteiras permanecem fechadas atrasa ainda mais a recuperação de nossa indústria, causando maiores danos aos milhões de americanos cujo sustento depende das viagens. O fechamento contínuo da fronteira canadense sozinho custa à economia do país US$ 1,5 bilhão em exportações de viagens potenciais a cada mês.

Dadas as altas taxas de vacinação em ambos os lados da fronteira, é possível reabrir com segurança nosso mercado de origem número 1 para visitantes internacionais. As viagens terrestres foram responsáveis por mais da metade de todas as visitas noturnas aos EUA por canadenses antes da pandemia, gerando exportações de viagens significativas que sustentam empregos vitais.

O Canadá fez a decisão certa ao divulgar um cronograma para que americanos vacinados cruzassem a fronteira terrestre e visitassem, e já passou da hora de os EUA retribuírem: não há diferença entre um canadense totalmente vacinado e um americano totalmente vacinado. Instamos a administração Biden a determinar uma data e um plano o mais rápido possível para receber visitantes canadenses nas fronteiras terrestres dos EUA.”


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA