EUA perdem quase US$ 198 milhões devido à restrição de viagens

|

Reprodução/Airbus.com
EUA perdem quase US$198 milhões por dia devido à restrição de viagens e fechamento de fronteiras
EUA perdem quase US$198 milhões por dia devido à restrição de viagens e fechamento de fronteiras
As restrições impostas pelo governo dos Estados Unidos devido à pandemia de covid-19, especialmente o fechamento fronteiras, estão causando uma perda diária de aproximadamente U$ 198 milhões nos cofres norte-americanos. De acordo com o levantamento da World Travel & Tourism Council (WTTC), menos de 50% dos 20 mercados mais importantes em termos de gastos com Turismo receptivo tiveram acesso aos EUA para viagens não essenciais.

Os dados do WTTC sugerem que a economia do país norte-americano continua enfrentando dificuldades financeiras por causa dos protocolos atuais de viagens, com potenciais perdas mensais de mais de US$ 1,2 bilhão apenas no mercado do Reino Unido.

“A economia dos EUA e a classificação global em contribuição para o PIB estão em risco a cada dia que as fronteiras permanecem fechadas para os viajantes”, disse a presidente do WTTC, Julia Simpson. “A economia dos EUA enfrenta a perda de centenas de milhões por permanecer fechada aos principais mercados de origem, como o Reino Unido e a União Europeia”, completou.

No início de setembro, um representante da Casa Branca revelou que as autoridades estavam trabalhando em uma política que permitiria aos viajantes internacionais vacinados visitar os Estados Unidos novamente, depois que o presidente Joe Biden recebeu a reação de nações europeias que já reabriram aos americanos vacinados.

“Manter a segurança dos EUA é a principal prioridade, mas bloquear países inteiros onde a covid-19 está sob controle causará danos a longo prazo aos meios de subsistência nos Estados Unidos”, continuou Julia. “A entrada deve ser baseada no status do indivíduo, não por país."
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA