Curaçao retoma Turismo para até 10 mil visitantes ao mês

|

O novo protocolo de hospitalidade de Curaçao chamado "Uma Dushi Estadia de Forma Saudável", foi desenvolvido para dar as boas-vindas aos visitantes da nova normalidade que o mundo inteiro já enfrenta devido à pandemia causada pelo covid-19. O documento é direcionado a todas as pessoas que ingressam na ilha e segue todas as normas e requisitos estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS), médicos locais e internacionais e o governo de Curaçao.
Divulgação
Os visitantes deverão preencher um formulário de localização e comprovar um teste negativo de coronavírus
Os visitantes deverão preencher um formulário de localização e comprovar um teste negativo de coronavírus
A abertura das fronteiras foi estabelecida inicialmente por fases onde a primeira foi direcionada para as ilhas caribenhas do Reino dos Países Baixos: Bonaire, Santo Eustáquio, Saba, Aruba e Saint Maarten. A segunda fase coincidiu com a reabertura das fronteiras internacionais e foi focada nos países: Canadá, Bélgica, China, Alemanha, França, Itália, Espanha e Holanda, Os desembarques na ilha foram liberados para até 10000 visitantes mensalmente e provenientes dos destinos citados.

As futuras fases - que incluem a decisão de abertura a outros mercados internacionais como América Latina e América do Norte - estão sendo avaliadas constantemente e são esperadas notícias oportunamente. “As discussões em torno a outros mercados internacionais ainda estão em andamento, pois continuamos a adotar uma abordagem cautelosa, com o objetivo de melhor servir e proteger nossos cidadãos e visitantes”, afirma comunicado do Curaçao Tourist Board.

Os visitantes que chegam oriundos de Bonaire, Santo Eustáquio, Saba, Aruba e Saint Maarten precisam preencher um formulário de localização de passageiros antes de suas viagens. Já os viajantes que desembarcam do Canadá, Bélgica, China, Alemanha, França, Itália, Espanha e Holanda devem comprovar um teste de PCR negativo (realizado no máximo 72 horas antes da partida), um cartão de imigração digital e um formulário de localização de passageiros.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA