Russo indica passeios para emendar na Copa 2018 | Entretenimento | PANROTAS
ENTRETENIMENTO

Russo indica passeios para emendar na Copa 2018


Travel All Russia
Catedral de São Basílio, em Moscou
Catedral de São Basílio, em Moscou
Falta menos de um ano para a Copa do Mundo 2018 na Rússia (de 14 de junho a 15 de julho) e os preparativos já começaram. De olho na paixão dos brasileiros pelo futebol, algumas operadoras oferecem pacotes para o destino e há brasileiros que, de forma independente, já planejam a compra de passagens aéreas, diárias em hotéis e ingressos.

Arquivo Pessoal
Alexey Alexeev mora no Brasil e montou roteiro especial
Alexey Alexeev mora no Brasil e montou roteiro especial

Em colaboração com o Portal
PANROTAS, o youtuber Alexey Alexeev, do canal Alexey Russo – que tem 337 mil inscritos no Youtube – separou dicas de passeios culturais e gastronômicos para emendar aos jogos em quatro das 11 cidades que sediarão o torneio, incluindo bate-voltas. Natural de Krasnoyarsk, no oeste da Sibéria, Alexey passou a infância em Moscou e, por coincidência, visitou o Brasil pela primeira vez durante a Copa do Mundo 2014, onde mora atualmente.

Confira:

MOSCOU

A capital da Rússia tem oito séculos e meio de existência, 12 milhões de habitantes e está bem preparada para receber os turistas durante o evento. São mais de 200 hotéis, entre construções contemporâneas e outras de estilo clássico que foram renovadas há pouco tempo, além de nove estações ferroviárias e cinco aeroportos.

Entre um intervalo e outro, vale fazer um passeio no Gorky Park (o “Central Park de Moscou”), um dos lugares mais famosos da cidade. Às margens do Rio Moscou, tem atrações diferentes de acordo com a época do ano, com ciclofaixas, bistrôs e até mesmo balada.

Fancy Floor
Gorky Park
Gorky Park
Já que a Copa do Mundo acontecerá do final da primavera ao início do verão russo, nesta época será possível alugar patins e tomar um sol na área de praia artificial, onde muita gente leva até mesmo cadeiras temáticas. Outro endereço semelhante é o Tsaritsyno Park, que tem museu, estufas, lagos e fontes de água iluminadas.

O Arkhangelskoye Palace, no distrito de Krasnogorsky, a 20 quilômetros a oeste, reúne arquitetura senhorial russa e coleções de arte no espaço que transformou-se em museu. O palácio foi projetado pelo arquiteto francês Charles de Hern e construído por mestres russos de 1786 a 1790. Um arco decorado com trilhos de tração de ferro fundido leva ao pátio de gala e uma das alas do palácio abriga a famosa galeria de pintura e a biblioteca do príncipe Yusupov.

Royal Russia News
Arkhangelskoye Palace
Arkhangelskoye Palace
A antiga aldeia de Kolomenskoye foi fundada em 1237 por refugiados de Kolomna, embora tenha vestígios arqueológicos de civilizações pré-eslavas que datam mais de 2,5 mil anos. Às margens do rio Moskva, a principal atração do parque é a Igreja da Ascensão de Nosso Senhor, construída em 1529 por ordem do Tsar Vasily III para comemorar o nascimento de seu filho e herdeiro. A construção é um exemplo histórico de arquitetura eclesiástica de madeira e dá um belo contraste com a região urbana.

Divulgação/ Ginza
Ginza oferece vista incrível
Ginza oferece vista incrível
Um dos endereços gastronômicos mais sofisticados é, sem sombra de dúvidas, o Ginza (Sixty Project). O restaurante fica numa parte do business center de Moscou, sendo motivo de orgulho para os russos. A 225 metros de altura, o Ginza funciona no topo do prédio com vista panorâmica de tirar o fôlego.

Além do menu à la carte, há opção de degustação de cozinha moderna russa, doces tradicionais, como o blueberry pie e o medovik (bolo de mel), e menu de drinques que inclui até mesmo caipirinha. A experiência não é barata, mas vale a pena.

Divulgação/ RVI
Suzdal é uma mistura de Europa e Àsia
Suzdal é uma mistura de Europa e Àsia
Em dia livre, a dica é fazer um bate-volta para Suzdal, uma das cidades mais antigas da Rússia, a 257 quilômetros de Moscou. Na região – que está de pé desde o ano 1024 – há muitas igrejas, torres com sinos e mosteiros, que tocam o espiritual até mesmo de quem não é religioso. O ponto é estratégico também para diferenciar a Igreja Ortodoxa da Católica. Para manter sua essência arquitetônica, Suzdal não passou por nenhuma mudança durante a industrialização soviética.

SÃO PETESBURGO
SAINT-PETERSBURG.COM
Peterhof é cartão-postal da cidade
Peterhof é cartão-postal da cidade
Uma das atrações turísticas mais famosas e populares de São Petersburgo é o Peterhof (ou Petrodvorets), conhecido popularmente como "os Versailles russos”. Durante a Segunda Guerra Mundial, o local foi devastado pelas tropas alemães e os russos o reconstruíram, graças ao trabalho de engenheiros militares e mais de mil voluntários.

Para comer, uma dica mais em conta é o restaurante Mansarda, que tem vista para a Catedral de Santo Isaac e arredores. A preços razoáveis, o menu internacional inclui massas, pratos grelhados e sushi, além de pratos mais leves como sopas e saladas de beterraba.

KAZAN
Kazan Travels
Kremlin de Kazan
Kremlin de Kazan
Entre os rios Volga e Kazanka, a cidade possui influências tanto ocidentais quanto orientais, sendo um reduto da cultura dos povos tártaros. Kazan é cerca de 150 anos mais velha que Moscou e possui a maior concentração de muçulmanos da Rússia. A dica é fazer um dos tradicionais walking tours no complexo arquitetônico e histórico do Kremlin.

SOCHI
Divulgação/ Sail on Board
Porto de Sochi
Porto de Sochi
Esse nome é familiar para muita gente, pois a cidade foi sede das Olimpíadas de Inverno em 2014. Entretanto, o destino tem praias, dois aquários, um zoológico e o Parque Nacional que, do topo do Monte Akhun, oferece vista extraordinária. O porto da cidade recebe diversas lanchas, embarcações menores e navios de até 220 metros que realizam passeios panorâmicos e viagens mais rápidas.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA