Embratur e Tanzânia buscam intensificar relação turística

|


Divulgação
Gilson Machado, presidente da Embratur, recebe delegação liderada pelo cônsul Abdulsamad Abdulrahim
Gilson Machado, presidente da Embratur, recebe delegação liderada pelo cônsul Abdulsamad Abdulrahim
O Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) e a Tanzânia firmaram uma parceria fim de intensificar as relações para troca de experiências turísticas internacionais. A conversa aconteceu, no final da semana passada, a partir de uma visita de uma delegação africana ao Brasil. Aproveitando a oportunidade, o Brasil foi convidado a participar da feira internacional de Turismo em Zanzibar, em outubro deste ano.

“Essa visita é uma experiência única para ampliarmos nossa colaboração. Gostaríamos muito de apreender com o Brasil”, afirmou o cônsul honorário, ao ressaltar que o país africano recebe dois milhões de turistas por ano, menos de um terço do número registrado pelo Brasil (6,6 milhões em 2018).

“Tanzânia é um país irmão do Brasil. Temos muitas belezas naturais, raízes comuns e tudo a ganhar com essa troca de experiência”, disse o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, ao receber a delegação.

Um dos pontos tratados no encontro foi melhorar as conexões aéreas, estimulando assim o Turismo entre África e a América do Sul. Para o cônsul honorário, é preciso intensificar a promoção da rota mais rápida entre os dois países, atualmente por meio de conexão em Johanesburgo, na África do Sul.


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA