MOVIMENTAÇÃO

Avianca Brasil: principais executivos lidam com o desafio da recolocação

Um dos ativos mais importantes da Avianca Brasil em toda a sua história foi o seu quadro de funcionários. Na grande maioria, profissionais dedicados à empresa e que tinham a qualidade do atendimento e a garra como dois pilares principais em suas respectivas rotinas. Além da paixão pela companhia e pela aviação em geral.

Vale ressaltar que estas características não eram exclusivas da equipe comercial, que por muitos anos foi liderada por Rodrigo Napoli, hoje na GJP, mas também de muitas outras áreas da companhia, como os departamentos de marketing, call center, aeroportos, tripulação, comandantes, entre outros.

O fim da Avianca Brasil, em recuperação judicial desde dezembro de 2018 e sem voar desde maio deste ano, trouxe para alguns a oportunidade de um novo emprego, mudança de segmento (alguns saíram da aviação e foram para a hotelaria ou para o agenciamento de viagens, por exemplo) e de novos desafios. Porém, muitos ainda estão sem receber suas verbas rescisórias e, para piorar, sem emprego.


Alberto Weisser substituiu Tarcísio Gargioni na vice-presidência da companhia. Ele segue no cargo atualmente
Alberto Weisser substituiu Tarcísio Gargioni na vice-presidência da companhia. Ele segue no cargo atualmente

Frederico Pedreira, presidente da Avianca Brasil entre 2016 e 2019, está no Exterior. Quem assumiu seu posto foi Jorge Vianna, que ainda permanece como diretor geral. Tarcísio Gargioni, ex-VP da aérea, continua prestando consultoria no mercado, e o seu sucessor Alberto Weisser segue no cargo na companhia.

Segundo fontes do Portal PANROTAS, há alguns colaboradores que ainda continuam prestando serviços à empresa, porém, sem receber há mais de três meses. “São mais de 1.000 pessoas que ficarão para remontar a Avianca Brasil. Eles estão perto de achar uma solução”, diz uma das fontes, que pediu para não ser identificada. Ela não deu mais detalhes, mas vale lembrar que a solução pode ser o leilão dos ativos da companhia, agendado para a próxima quarta-feira (10). E possivelmente pela mudança de nome e perfil. Vale lembrar que a empresa em recuperação é a OceanAir, brasileira, companhia diferente da Avianca Airlines, com sede na Colômbia, e que continua operando voos internacionais para o Brasil.


Emerson Souza
A sede da empresa está praticamente sem ninguém
A sede da empresa está praticamente sem ninguém

MOVIMENTAÇÃO
Onde estão os principais executivos da antiga Avianca Brasil? Descobrimos o paradeiro de alguns deles. Confira.

Contratado em maio de 2017 para comandar o spin off do Programa Amigo, Fabrício Angelin deixou o programa de fidelidade da Avianca Brasil em abril deste ano e retornou para a concorrente Multiplus.

Thaís Grinberg, que respondia pela diretoria de Marketing do programa Amigo e logo em seguida também assumiu a mesma área na Avianca Brasil, se mudou para a Argentina e vai morar no país vizinho pelos próximos quatro anos. Da sua equipe, Gabriel Lago foi dispensado na semana passada e procura de novas oportunidades. Já Fernanda Coelho, que deu à luz recentemente o pequeno Theo, cumpre licença maternidade.

Da área comercial, Rodrigo Napoli levou para a hotelaria alguns dos colegas com quem trabalhou na companhia aérea. Atualmente, em seu time estão Orlando Mendes Neto, Alex Rando e Thiago Souza.

Leandro Cássio, que assumiu o posto após a saída Rodrigo Napoli, foi desligado na última segunda-feira (1), junto com Rebecca Meadows e Marcelo Figueiredo. Rebecca e Marcelo estão abertos a novas propostas. O Portal PANROTAS não conseguiu contatar Leandro.

Um dos nomes mais conhecidos de toda a Avianca, Ian Gillespie, que por muitos anos foi o principal líder do conselho da Star Alliance no País, se aposentou e está prestando consultorias. Depois de mais de 30 anos morando em diversos países, sendo 21 somente no Brasil, Gillespie decidiu voltar a morar no Peru, com a família.

Andres Junior, ex-supervisor de Eventos da companhia, era responsável por toda a logística e funcionamento dos eventos internos e externos, além dos estandes da empresa nas feiras e eventos no Brasil e Exterior. Ele ainda não foi recolocado e está em busca de novos desafios.

JÁ EMPREGADOS
Além dos citados anteriormente, boa parte dos executivos de Contas da Avianca Brasil já foram recolocados no mercado de trabalho. Letícia Paganini, por exemplo, é a mais nova contratada da área comercial da Gol Linhas Aéreas.

Já Reinaldo Moreno e Vera Reis trocaram a aviação pela locação de carros e são os mais novos reforços da Movida. Joyce Peixoto foi contratada nesta semana pela South African Airways (SAA). Ela será responsável por contas de lazer e corporativo.

Bruno Yasumura, que foi capa da Revista PANROTAS em 2018, ao ser eleito pelos leitores do Portal PANROTAS o melhor promotor de Vendas da aviação (nacional e internacional), assinou em abril com a Esferatur e se tornou supervisor comercial da consolidadora da CVC Corp.

Erik Santana, também do comercial, está fora do mercado, mas em entrevista ao Portal PANROTAS afirmou que é por pouco tempo. O executivo deve anunciar sua casa nova já nos próximos dias.

Cristiane Lima aproveitou a crise da Avianca Brasil para empreender. A executiva abriu nesta semana, junto com sua sócia Lucia Zamborini, sua própria agência de viagens, a Simetria Turismo, localizada na região de Anália Franco, na zona leste de São Paulo.

Osnildo Nunes, de Fortaleza, também trabalhou na companhia, entre 2016 e 2018, como suporte às agências de viagens do Estado. Hoje, na Casablanca, o profissional diz que acompanha de perto toda situação dos ex-colegas de empresa e que torce pela recolocação de todos.

Ex-especialista de Parcerias, Felipe Oslaj, trabalhava na área de Ancillaries da Avianca Brasil. Recolocado, Oslaj ocupa agora o cargo de especialista de Parcerias com Companhias Aéreas e FFP da Livelo.

Ex-executivo de Contas no Rio de Janeiro, Rodrigo Araújo está de volta à Rio Travel e ocupa o posto de gerente de Operações da empresa. Em 2018, ele foi eleito pelos leitores do Portal PANROTAS como um dos melhores executivos da aviação regional.

Por falar em aviação, Priscila Temple está em busca de uma recolocação no mercado de Turismo. Ela, que atuou por mais de 13 anos no time comercial da Avianca Brasil, acumula passagens por Alitalia e Varig.

MAIS NOMES
Sentiu falta de algum profissional? Quer avisar ao mercado seus planos e competências para futuras oportunidades? Manda mensagem pra gente pelo e-mail danilo@panrotas.com.br, aos cuidados de Danilo Alves, que, aliás, teve passagem pela Avianca Brasil de junho de 2016 a maio de 2018 e hoje é coordenador web da PANROTAS.

Veja fotos e contatos no álbum abaixo.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

As mais lidas agora