Swiss Travel System chama atenção do trade brasileiro em evento

|

Divulgação/ Swiss Travel System
Os titulares deste bilhete podem explorar a Suíça por 3, 4, 8 ou 15 dias
Os titulares deste bilhete podem explorar a Suíça por 3, 4, 8 ou 15 dias
Representantes turísticos da Suíça reuniram o trade hoje (26) no hotel Belmond Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, para divulgar e fortalecer o destino no país. O CEO da Swiss Travel System, Maurus Lauber, conversou com o Portal PANROTAS sobre a popularidade dos passeios de trem na região e sobre a falta de visão dos agentes e operadoras do Brasil para intermediar estas atividades.

O executivo afirmou que somente no ano passado foi registrado um aumento de 46% na procura por passes de trem no país, e que os brasileiros, alguns dos maiores adeptos da atividade, são os únicos que não tem o costume de adquirir os ingressos previamente.

A Suíça possui não apenas a rede de transporte público mais densa do mundo, mas também uma das mais populares. Graças ao Swiss Travel Pass, os visitantes podem explorar os milhares de quilômetros de ferrovias, estradas e hidrovias espalhadas por todo o país com um único ingresso.

"O trade perde uma grande oportunidade, pois o ato de vender os passes ainda no Brasil permite que os profissionais ganhem uma comissão e criem um laço de confiança com os viajantes, que economizarão tempo e dinheiro durante sua estada", explicou Lauber.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA