EVENTOS

St. Martin volta a receber 2 milhões de cruzeiristas por ano

Após um ano e meio da passagem do furacão Irma exatamente sobre Saint Martin/St. Maarten, representantes do Turismo da ilha compareceram à sétima edição da WTM Latin America, em São Paulo, para atualizar o trade em relação à situação do destino caribenho, que segue em plena recuperação e de braços abertos para o retorno de turistas.

De acordo com o porta-voz do departamento de Cruzeiros do Turismo de Saint Martin, Emile Louisy, no último ano, mais de dois milhões de cruzeiristas passaram pelos portos do território, considerando tanto o lado francês como o holandês. A ilha é a menor do mundo dividida entre dois países.

“Os portos foram uma das primeiras instalações da ilha a voltarem a funcionar após a passagem do Irma, ainda em 2017, e já receberam mais de dois milhões de turistas ao longo de 2018. Para este ano, a tendência é receber ainda mais viajantes, uma vez que seguimos como um dos principais destinos para cruzeiros de grandes armadoras no Caribe e ainda contamos com novas parcerias no mercado de luxo”, disse Emile Louisy.

Marluce Balbino
Fernanda Sarubbi, da Cap Amazon, e Emile Louisy, de Saint Martin
Fernanda Sarubbi, da Cap Amazon, e Emile Louisy, de Saint Martin
No porto de Philipsburg, em Sint Maarten (como se escreve no lado holandês), Carnival Cruises, MSC Cruzeiros, Viking Cruises, Royal Caribbean, NCL, Princess Cruises, Celebrity Cruises, Holland American Lines, Azamara Cruises e Disney Cruises já voltaram a operar.

“Do lado francês, o porto de Galisbay é mais focado no mercado de luxo, atendendo empresas como Seadream Yacht, Du Ponant e Crystal Cruises. A partir de novembro, a Ritz Carlton Yatching Collection também passará a operar em Saint Martin e, ainda neste mês, a Cap Amazon fará um evento para apresentar detalhes da parceria com a The Moorings, especializada em iates”, completou Louisy.

Considerada a “capital gastronômica do Caribe”, Saint Martin já oferece os serviços de mais de 400 restaurantes, das mais variadas especialidades, e conta com mais de 3,2 mil quartos disponíveis para reservas, incluindo hotéis e resorts clássicos, hotéis boutique, pousadas e uma grande variedade de villas de luxo com possibilidade de concierge.

Entre as principais marcas presentes na ilha, o Belmond La Samanna, considerado o melhor hotel de Saint Martin, e o Sonesta Ocean Point, já reabriram após passarem por uma grande reforma. O Sonesta Maho Beach Resort, Casino & Spa também será reinaugurado ainda em 2019.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA