Ceará acredita na volta de voos internacionais em outubro

|

Durante a pandemia, o Ceará programou fases que orientarão no processo de retomada. A capital Fortaleza, por exemplo, se encontra na segunda etapa, e Jericoacara está em transição para chegar à fase 2. As mudanças acontecem a cada 14 dias. Enquanto isso, a Secretaria de Turismo do Ceará trabalha para a criação de protocolos.

“Estamos trabalhando com protocolos rígidos e esses documentos estão sendo elaborados pelo Governo do Estado”, disse o secretário de Turismo do Estado, Arialdo Pinho. “A ideia é que todos os estabelecimentos sigam essa norma para que possam ter a autorização para reabrirem novamente”, disse.

Atualmente, hotéis e restaurantes, por exemplo, estão funcionando, porém, com capacidade reduzida.

Emerson Souza
Arialdo Pinho
Arialdo Pinho
De acordo com Pinho, o Estado trabalha com a possibilidade de reabertura no mês de agosto. Mas já para este mês o Ceará deverá receber 600 voos nacionais – antes de a pandemia começar, o Estado recebia quatro mil voos nacionais por mês. “A expectativa é que os voos internacionais retornem em outubro”, disse Pinho, referindo-se às operações da Air France-KLM, Tap e Air Europa.

Em relação às possibilidades de fretamento, o secretário diz que o Estado está de braços abertos. “Nós estamos acostumados a trabalhar com linhas constantes de voos, mas estamos abertos para o diálogo com operadores que desejem realizar fretamentos para o Ceará”, afirmou.

OBRAS
Enquanto não acontece a retomada do Turismo no Ceará, o governo trabalha com obras em praias, como as de saneamento e de interligação, além de limpeza. Segundo Arialdo Pinho, a expectativa é que em novembro seja entregue a obra que está sendo realizada na orla de Fortaleza.

Arialdo Pinho foi um dos convidados da live Check Point, parceria da PANROTAS com Imaginadora, e apoio da R1.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA