Bruno Hazov   |   20/07/2023 12:32   |   Atualizada em 20/07/2023 12:42

5º Expo Fórum Visite SP discute ESG na capital paulista

Evento é promovido pelo São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPCVB) com o intuito de divulgar São Paulo


PANROTAS / Emerson Souza
Toni Sando durante abertura do Expo Fórum Visite São Paulo
Toni Sando durante abertura do Expo Fórum Visite São Paulo

O Hotel WTC Sheraton está sendo palco do 5º Expo Fórum Visite São Paulo, evento que reúne o trade turístico do Estado e outras regiões do Brasil em um encontro com palestras, painéis e workshops sobre o setor turístico. O encontro é promovido pelo São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPCVB) com o intuito de divulgar o destino São Paulo.


O presidente do SPCVB, Toni Sando, iniciou o evento apresentando dados relevantes sobre as ações de compensação de carbono preparadas para o fórum e para as demais atividades do SPCVB. Durante o ano de 2023, a equipe do Visite São Paulo já percorreu o equivalente a quatro voltas no globo terrestre, entre viagens e eventos com a finalidade de promover o destino São Paulo, compensando toda a pegada de carbono de suas viagens.

O conceito de Environmental, Social and Governance (ESG), que trata das práticas ambientais, sociais e de governança das empresas, foi um tema central deste encontro. Sando revelou que o assunto é uma preocupação muito grande do setor turístico e do SPCVB, pois trata do futuro do meio ambiente e a natureza é um dos principais produtos turísticos do Estado de São Paulo.

O presidente executivo da Abracorp, Gervasio Tanabe, falou sobre como os princípios de ESG norteiam o trabalho da associação, que vem registrando números similares aos do período pré-pandemia. Tanabe citou os resultados positivos da entidade na primeira metade de 2023, fazendo uma comparação com o volume de negócios de anos pré-pandêmicos.

O presidente do conselho de administração da União Brasileira de Feiras e Eventos de Negócios (Ubrafe), Paulo Ventura, deu um panorama sobre a volta dos eventos corporativos presenciais, ressaltando a importância da presença física dos visitantes em feiras e reuniões. O executivo levantou uma importante questão sobre empresas que realizam eventos visando o retorno sobre o investimento (ROI) em detrimento ao retorno sobre o relacionamento (ROR), que em sua visão é muito mais assertivo para fidelizar clientes e parceiros, sobretudo no setor de feiras corporativas. Seguindo os preceitos de ESG, Ventura comentou sobre o volume de resíduos que uma feira de negócios produz, lembrando que a maior parcela de descarte ocorre antes mesmo da feira começar após a montagem dos estandes.

PANROTAS / Emerson Souza
Paulo Ventura, presidente do conselho de administração da Ubrafe, deu um panorama sobre a volta dos eventos corporativos presenciais
Paulo Ventura, presidente do conselho de administração da Ubrafe, deu um panorama sobre a volta dos eventos corporativos presenciais

Representando o Fohb, Orlando de Souza falou sobre as expectativas de abertura de novos hotéis no Brasil, citando as regiões Sul e Sudeste como maiores indutoras de investimento para novos empreendimentos hoteleiros. Souza revelou que cidades até 100 mil habitantes, como inúmeras no interior de São Paulo, irão encabeçar a expansão hoteleira nos próximos anos. Ainda segundo o executivo, a tendência é de novos empreendimentos no segmento econômico ou super econômico, seguido de empreendimentos midscale e, em menor escala, hotéis do segmento de luxo.

O secretário municipal de Turismo de São Paulo, Rodolfo Marinho, comentou os investimentos da pasta, como a realização da etapa de F1 e a inédita parceria, com a Secretaria Municipal de Cultura, para promover a última edição da Virada Cultural, que recebeu R$ 24 milhões em investimento do Turismo. Marinho também falou da importância da SPTuris na promoção de eventos culturais e na mensuração dos resultados do Turismo paulista.

Tópicos relacionados