Dicas para ser um bom vendedor de viagens de luxo

|

CEO e fundadora da Prime Tour, Marina Gouvêa de Souza deu dicas importantes para se tornar um bom vendedor de viagens de luxo, durante a primeira live Prime Time, realizada nesta quarta-feira (29). A série tem o objetivo de preparar o setor, especialmente os consultores e vendedores de viagens de luxo, não apenas para a retomada após a pandemia, mas para o comportamento do consumidor de luxo e experiências no médio e longo prazos.

Marina Gouvêa, da Prime Tour
Marina Gouvêa, da Prime Tour
Ao lado de Carlos Ferreirinha (presidente da MCF Consultoria) e dos diretores da Prime Tour, Valéria Carneiro e Maurice Padovani, ela garantiu que a customização completa é um dos quesitos fundamentais. “A consultoria é fundamental neste processo, além da escuta ativa”, disse.

Confira algumas dicas:

- desenvolvimento e atualização contínuos, através de cursos, leituras, participação em feiras, webinars e workshops é fundamental

- curiosidade

- oferecer aos clientes “antes que todos descubram” (novos hotéis e experiencias são lançados todos os dias)

- relacionamento com os fornecedores para conseguir o ‘algo mais’, como up grade, eraly check-in e late check-out, entre outros

IC’s
A Prime Tour lançou, em 2018, o IC’s, programa de agências e consultores independentes, tornando-se a primeira brasileira a lançar um programa estruturado, com suportes e benefícios, para esse tipo de profissional. De acordo com Marina Gouvêa, a Prime Tour possui força de venda nos vendedores de luxo, o que faz, para ela, toda a diferença em uma venda.

“Por sermos um dos Top Sellers Brazil e Latin American em quase todas as redes de hóteis de luxo, para nossos clientes, sempre temos alguns diferenciais”, afirmou. Prioridades em lista de espera e em pedidos especiais – como quartos no mesmo andar – são alguns dos exemplos.

Para quem se interessar pelo programa de ICs da Prime Tour, mande um e-mail para programaics@primetour.com.br
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA