PARQUES TEMÁTICOS

Disney confirma bebida alcoólica em Star Wars na Disneyland


Reprodução/Twitter
Bob Iger
Bob Iger
O presidente da Disney, Bob Iger (foto), em entrevista à revista Hollywood Reporter, confirmou que, depois de 60 anos, a Disneyland, na Califórnia, servirá bebidas alcóolicas pela primeira vez, na área de Star Wars que será aberta em meados de 2019 (a do Hollywood Studios, em Orlando, será no final do mesmo ano). “Acredito bastante na tradição, mas essa é daquelas mudanças que podem ser feitas em o império desmoronar”, disse à publicação. Em Orlando, o único parque mais restritivo à bebida alcóolica é o Magic Kingdom, que, no entanto, tem quatro restaurantes de serviço completo que servem opções alcóolicas (a mudança ocorre em 2016, com a abertura do restaurante de A Bela e a Fera).

Iger também anunciou que a Disney continuará investindo em novos filmes e conteúdo para a franquia Star Wars, mas tirando o pé do acelerador, pois o longa da origem de Han Solo, que não chegou aos US$ 400 milhões de arrecadação mundial, foi uma decepção e que o motivo seria o excesso de oferta de histórias Star Wars.

Sobre a nova plataforma de streaming que lançará em breve, para concorrer com a Amazon e Netflix, Bob Iger elogiou os demais players, mas destacou que eles não têm o arsenal do império Disney, com seus personagens próprios, além de todo o conteúdo Pixar, Marvel, 21st Century Fox (Avatar, Alien, Simpsons, X-Men e cia), Fox Searchlight, National Geographic e Star Wars. Ou seja, a Disney já chega com conteúdo mais que conhecido e adorado pelo público, o que os analistas acreditam que vai gerar uma briga de gigantes, benéfica para a indústria artística e de criação de conteúdo, e para o consumidor final.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA