Gramado Parks se reestrutura e terá resorts e rodas-gigantes

|

Determinada a ter um novo posicionamento como marca nacional do setor do Turismo, a Gramado Parks promoveu algumas mudanças estruturais para apoiar seu projeto de expansão pelo País, onde terá cinco rodas-gigantes e dois grandes complexos de lazer (Nordeste). Os detalhes do novo posicionamento foram explicados em convenção on-line com 900 colaboradores da empresa. Nessa ocasião foi lançada a nova marca Gramado Parks – Hospitalidade e Entretenimento, que define bem as duas áreas de atuação da marca, e a organização do portfólio da empresa, criando um modelo de sinergia entre as suas duas divisões existentes e uma cultura única.

Divulgação/Bianca Abreu
Novo posicionamento e ambições do grupo foram tema de uma convenção on-line com 900 colaboradores
Novo posicionamento e ambições do grupo foram tema de uma convenção on-line com 900 colaboradores
Para os dirigentes da companhia, tanto a nova divisão da companhia como a postura unificada amplificam o momento de transformação e crescimento pelo qual a Gramado Parks está passando. O braço de Hospitalidade, lançado na convenção será responsável pela incorporação, comercialização dos resorts e, como novidade, haverá gestão hoteleira própria. Já a divisão de Entretenimento segue respondendo pelos parques e rodas-gigantes como Snowland e Rio Star.

Os dirigentes reforçam que, mesmo em um período afetado pela covid-19, a empresa está se movimentando e, só neste ano, as duas divisões de negócio já geraram mais de 125 novos empregos. Há ainda expectativa de outras 220 oportunidades a partir da inauguração de dois resorts em Gramado, com previsão de abertura em novembro.

A companhia projeta crescimento de 50% no quadro total de colaboradores ainda em 2021. Esse aumento deve vir da abertura de uma unidade corporativa em São Paulo para aproximar o grupo do maior centro financeiro e mercado comprador do país.

PRÓXIMOS PROJETOS
O Nordeste também está contemplado na estratégia de expansão do grupo gaúcho. Em outubro a empresa fará o lançamento de um projeto na Praia de Carneiros (PE), envolvendo um parque aquático junto a um resort.

No próximo ano, está prevista a abertura de outro empreendimento em Gramado com arquitetura inspirada no charme e nas belezas da Toscana, bem como um novo parque aquático temático, que funcionará nas quatro estações do ano.

Também estão previstas cinco rodas-gigantes até 2023, sendo a próxima em Foz do Iguaçu (PR), com início das obras em novembro de 2020 e entrega em 2021.

Divulgação/Bianca Abreu
Anderson Caliari, presidente do grupo Gramado Parks
Anderson Caliari, presidente do grupo Gramado Parks
DESENVOLVENDO DESTINOS

Os gestores da Gramado Parks destacam também o trabalho feito para ampliar seus recursos e promover o desenvolvimento de mais destinos turísticos no Brasil.

O presidente da holding, Anderson Caliari, resume o desafio: “Execução é a forma de coordenar os três processos chave de qualquer negócio: o processo de pessoas, a estratégia e o plano operacional. Execução é o que define o nível de maturidade de uma organização e, nesse sentido, estamos prontos para crescer e elevar a qualidade do Turismo no País”, diz.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA