Conhecemos a atração de Guardiões da Galáxia, que abre hoje, no Epcot

|

Divulgação
Guardian of the Galaxy: Cosmic Rewind estará disponível para o público a partir de 27 de maio
Guardian of the Galaxy: Cosmic Rewind estará disponível para o público a partir de 27 de maio
ORLANDO – O Portal PANROTAS visitou a Disney World, em Orlando, no começo do mês, para conferir as celebrações dos 50 anos do complexo (que seguem até março de 2023). Entre as festividades está a inauguração da Guardians of the Galaxy: Cosmic Rewind, primeira atração oficial com personagens Marvel em Walt Disney World. E primeira montanha-russa do Epcot, que passa por uma transformação total, que inclui a criação de quatro novas áreas: World Showcase, já conhecida área dos pavilhões de países, que dobrou o tamanho do espaço da França; World Discovery, onde fica a nova montanha-russa e o restaurante Space 220; World Celebration, mudando a entrada do parque; e World Nature, grande expectativa para os próximos meses, que abrange os pavilhões Land e Seas with Nemo and Friends e novas atrações como o Journeys of Water, inspirado em Moana.

A montanha-russa dos Guardiões da Galáxia, que pudemos conhecer em primeira mão, abre hoje, 27 de maio, para o público, no Epcot. Ela traz uma perseguição intergaláctica através do tempo e espaço e combina a diversão dos filmes "Guardiões da Galáxia", com os personagens cósmicos – Rocket, Groot, Drax, Gamora e Star-Lord (também conhecido como Peter Quill).

A atração é outro grande marco na transformação contínua do parque do Walt Disney World Resort e estreia como parte da celebração do 50º aniversário. Localizada na recém-renomeada área do parque, World Discovery, a montanha-russa oferece várias "primeiras experiências", incluindo:

  • A primeira montanha-russa no Epcot;
  • O primeiro lançamento reverso para uma montanha-russa Disney;
  • A primeira Disney Omnicoaster, na qual veículos possuem rotação de 360 graus para manter os visitantes sempre focados na ação;
  • A primeira atração do Walt Disney World a apresentar os Guardiões da Galáxia.
Os imagineers da Disney pegaram a tecnologia de atrações como a Casa Mal Assombrada, do Magic Kingdom, em que o carrinho rotacionada para todos os lados, e colocaram em uma montanha-russa indoor, como a Space Mountain, com música e movimentos sincronizados e uma sensação de voar pelo espaço, o que é suave e intenso ao mesmo tempo. A gente esquece que está sobre trilhos e mergulha na aventura.

Assim como os filmes da franquia, a Guardians of the Galaxy: Cosmic Rewind conta com música pop no centro da sua experiência. O áudio a bordo da atração traz músicas dos anos 1970 e 80, que tocam enquanto os visitantes correm pelo cosmos. Há seis opções aleatórias de canções.

PANROTAS / Artur Luiz Andrade
O presidente de Walt Disney Parks & Resorts, que já presidiu o WDW, Josh D'Amaro, na inauguração de Guardians of the Galaxy Cosmic Rewind
O presidente de Walt Disney Parks & Resorts, que já presidiu o WDW, Josh D'Amaro, na inauguração de Guardians of the Galaxy Cosmic Rewind
Destaques da nova atração segundo nossas primeiras impressões:

1 - É suave, dando a impressão de voar pelo espaço;
2 - É intensa, pois tem curvas radicais e momentos de queda circular, com o carrinho em movimento rotacional (não como muito antes de ir na atração, recomendamos). A montanha-russa não tem loopings e exige altura mínima de 107 centímetros;
3 - É divertida: os Guardiões da Galáxia são bem humorados e coloridos e isso está na atração;
4 - É um mergulho em uma história que se conecta com o universos dos filmes, mas que não exige conhecimento dos mesmos. A equipe Disney tem mais de 75 minutos de conteúdo original com o elenco da trilogia, e visitou os sets de filmagem do terceiro filme, ainda não lançado. Os efeitos são realmente cinematográficos e as projeções de alto nível, com a maior das telas maior que um campo de futebol americano.
5 - É imperdível, pois se trata da próxima geração de montanhas-russas indoor, como se a Space Mountain fosse feita hoje, muito maior e mais tecnológica e com um storytelling de sucesso global. O percurso na montanha-russa dura três minutos.

PANROTAS / Artur Luiz Andrade
A brasileira Ana Mccarthy destaca a transformação de Epcot
A brasileira Ana Mccarthy destaca a transformação de Epcot
DICAS:
1 - Não coma muito antes de ir, para não ficar enjoado.
2 - Olhe para as telas, para onde a atração quer que você olhe. Nada de ficar tentando ver o trilho ou os demais carrinhos. Viaje com a história.
3 - Conheça a história por meio das dicas na fila, nos filmes, no que seus amigos contam. É bom ter noção de quem está ali te ajudando naquela missão.
4 - Vá mais de uma vez, pois a música será diferente, os detalhes da atração ficarão mais claros e se possível ande pelo menos uma vez na fileira 9, pois parece ser a última, mas no meio da atração, em uma reversão, vira o primeiro carrinho. E vá na primeira fila, claro.
5 - É preciso ir mais de uma vez para ouvir todas as canções. São elas: “September” by Earth, Wind & Fire; “Disco Inferno” by the Trammps; “Conga” by Miami Sound Machine; “Everybody Wants to Rule the World” by Tears for Fears; “I Ran” by A Flock of Seagulls e “One Way or Another” by Blondie.
6 - Grite bastante e se solta dentro da atração.
7 - Passa na lojinha depois, pois os produtos estão incríveis.
8 - A atração tem acesso à Lighting Lane (fila mais rápida - leia mais aqui), já no lançamento.

Para a brasileira Ana Mccarthy, porta-voz da Disney para o mercado brasileiro nesse evento, a transformação de Epcot é uma evolução do conceito do parque, juntando passado, presente e futuro em uma diversidade de atrações e espaços que vão surpreender os visitantes. Ana gravou um vídeo com os destaques da montanha-russa exclusivamente para a PANROTAS e você pode vê-lo em nosso Instagram.

Quer saber um pouco como é a experiência? Assista ao vídeo abaixo! Nosso editor-chefe, Artur Luiz Andrade, está no vídeo, ao lado do jornalista Paulo Basso, do Rota de Férias. Logo após o vídeo, veja mais fotos do evento de apresentação.




O Portal PANROTAS viaja a convite da Disney Destinations, voando American Airlines e com proteção GTA, incluindo cobertura para covid-19

Notícia atualizada em 27 de maio
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA