Parques são motores para desenvolvimento turístico de cidades

|

PANROTAS/Gute Garbelotto
Alexandre Zubaran, da Enjoy Hotéis, Fabricio Amaral, da Goiás Turismo, Paulo Schneider, da Aviva, e Pablo Morbis, do Grupo Cataratas
Alexandre Zubaran, da Enjoy Hotéis, Fabricio Amaral, da Goiás Turismo, Paulo Schneider, da Aviva, e Pablo Morbis, do Grupo Cataratas
No segundo dia de Fórum PANROTAS 2022, foi discutido sobre como as atrações devem se posicionar e como oferecer serviços compatíveis com as expectativas dos viajantes. Participou como mediador o expert em gestão de equipamentos e destinos, o CEO do Grupo Cataratas, Pablo Morbis; com Alexandre Zubaran, da Enjoy Hotéis; Fabricio Amaral, da Goiás Turismo e presidente do Fornatur; e Paulo Schneider, da Aviva.

"O município de Rio Quente, por exemplo, não existiria sem o parque. É uma benção que não damos a devida importância. Como empresa hoteleira, sempre tivemos essa cabeça associativista e temos de estar sempre buscando nossos iguais para competir juntos, porque em Olímpia (SP) nossos competidores não são os outros empresários e cadeias hoteleiras, mas, sim, Lins, Araxá. Porque se visitam a cidade, eu ganho também. O que acontece com um, impacta no outro. Precisamos aprender a trabalhar juntos", afirmou Zubaran.

Além do associativismo, também foi destacada a importância da colaboração entre o público e privado. "O Turismo peca muito pela articulação política, não temos voz no Congresso Nacional. Para aprovar alguma medida para o Turismo, é um parto. As pautas políticas do Turismo são poucas. Precisamos de mais coordenação. Poder público às vezes se equivoca, nossa tarefa é fomentar. Protagonismo tem de ser do mercado privado, que gera emprego e move a economia", afirmou o secretário de Turismo de Goiás, Fabricio Amaral.

"Olímpia é um fenômeno que se desenvolveu por meio do agronegócio e saiu recentemente dos 8 mil leitos para 30 mil leitos a partir de uma sincronicidade de grupos investidores, que entendem as oportunidades que existem através de uma concorrência colaborativa e saudável. Além de um poder público afinado e muito fazedor, que não sequestra nenhum poder de fazer da iniciativa privada", concluiu Zubaran sobre a importância dessa conversa para o desenvolvimento turístico.


O Fórum PANROTAS acontece nos dias 21 e 22 de junho, no Centro Fecomercio de Eventos em São Paulo, e conta com a aliança institucional da CNC e o patrocínio da Accor, Aerolineas Argentinas, Air Europa, Ancoradouro, AquaRio, Visit Argentina, Aviva, BWH Hotel Group, Coris Seguro Viagem, CVC Corp, Delta Air Lines, Easy Travel Shop, Elo, Enjoy Hotéis & Resorts, FecomercioSP, Fortaleza, Gol Air France KLM, GTA Assist, Iberostar Hotels & Resorts, Latam, Localiza, Mato Grosso do Sul, Mondiale Operadora, Movida, Omnibees, R1 Audiovisual, Royal Palm Hotels & Resorts, Sabre, Sebrae, Sheraton São Paulo WTC Hotel, Tes Cenografia, Viagens Promo, Villa Blue Tree, Visite São Paulo e apoio da Goya by Copastur, Hyper English, Rio CVB, Shift, Tour House e TRVL Lab.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA