Movida

Victor Fernandes   |   09/11/2023 11:52   |   Atualizada em 09/11/2023 12:50

Receita e lucro dos parques Disney crescem, especialmente fora dos EUA

Hong Kong e Xangai levaram crescimento de 595% ao lucro operacional dos parques internacionais


Divulgação
Crescimento da divisão de entretenimento da The Walt Disney Company foi muito atribuída ao sucesso dos parques na Ásia
Crescimento da divisão de entretenimento da The Walt Disney Company foi muito atribuída ao sucesso dos parques na Ásia

A The Walt Disney Company acaba de divulgar os resultados do quarto trimestre e do ano fiscal de 2023, encerrado em 30 de setembro, revelando crescimento das receitas de 5% e 7% do trimestre e do ano, respectivamente, em comparação com 2022. A receita do trimestre foi de US$ 21,2 bilhões (superando os US$ 20,1 bilhões do mesmo período do ano passado) e a receita do ano fiscal de 2023 foi US$ 88,9 bilhões (superando os US$ 82,7 bilhões de 2022).

O segmento de Parques e Experiências foi o que registrou melhor desempenho financeiros para a The Walt Disney Company. No trimestre, a receita foi de US$ 8,1 bilhões, crescendo 13% em relação ao respectivo trimestre de 2022 (US$ 7,2 bilhões); enquanto no ano fiscal de 2023, a receita foi de US$ 32,5 bilhões, superando em 16% os US$ 28 bilhões registrados no ano fiscal de 2022.

Já a receita operacional de experiências, que incluem os parques e cruzeiros, aumentou mais de 30% em relação ao trimestre do ano anterior, com crescimento ano após ano em todos os locais internacionais, Disney Cruise Line, Disney Vacation Club e Disneyland Resort. No Walt Disney World, a empresa continua a lidar com a inflação salarial e com comparações desafiadoras com o ano anterior em que foi realizada a comemoração do 50º aniversário do complexo em Orlando.

Confira abaixo os resultados financeiros da divisão de Experiências da The Walt Disney Company no terceiro trimestre de 2023, e, na sequência, os destaques por regiões.

Divulgação

Parques e Experiências nos Estados Unidos

O aumento na receita operacional nos parques e experiências da Disney nos Estados Unidos deveu-se a:

  • Crescimento na Disney Cruise Line resultante de aumentos nos dias de cruzeiro de passageiros e nos preços médios dos bilhetes;
  • Um aumento no Disney Vacation Club atribuível às vendas do The Villas at Disneyland Hotel no trimestre atual;
  • Resultados mais baixos nos parques e resorts nacionais, o que refletiu:
    • Uma diminuição no Walt Disney World Resort, resultante de:
      • Custos mais elevados atribuíveis à depreciação acelerada relacionada ao fechamento do Star Wars: Galactic Starcruiser e à inflação;
      • Em menor grau, menores gastos dos hóspedes, impulsionados por uma diminuição nas tarifas médias diárias dos quartos de hotel.

    • Crescimento no Disneyland Resort devido a:
      • Maior frequência;
      • Aumento dos gastos dos hóspedes principalmente devido aos preços médios mais elevados dos bilhetes;
      • Custos mais elevados devido à inflação.

Parques e Experiências Internacionais

Os maiores resultados operacionais dos parques e experiências internacionais da Disney foram devidos a:

Um aumento nos resultados operacionais do Shanghai Disney Resort resultante de:

  • Crescimento dos gastos dos hóspedes atribuível ao aumento dos preços médios dos bilhetes;
  • Maiores volumes devido ao aumento no atendimento.

Maior lucro operacional no Hong Kong Disneyland Resort atribuível a:

  • Crescimento dos gastos dos hóspedes devido ao aumento dos preços médios dos bilhetes;
  • Maiores volumes resultantes de aumentos na frequência e nas estadas. Os resultados refletiram 81 dias de operações no trimestre atual, em comparação com 65 dias no trimestre do ano anterior;
  • Aumento de custos atribuível principalmente a novas ofertas de hóspedes e à inflação.

Tópicos relacionados

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

Mais notícias