PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

México: de 15º a sexto país mais visitado do mundo em 6 anos

O México recebeu 39,3 milhões de visitantes em 2017, registrando um aumento de 78,7% em chegadas internacionais desde 2012 que fez com que o país pulasse da 15ª para a sexta colocação no ranking de destinos mais visitados no mundo. De acordo com o Conselho de Turismo do México, esse avanço é resultado de um esforço múltiplo para promover a nação globalmente e evidencia a força do Turismo na economia. Hoje em dia, o setor é responsável por 8,7% do PIB nacional, gera 10 milhões de empregos e arrecada US$ 21,3 bilhões com turistas.

Divulgação
Pirâmide de Chichen Itzá, no Yucatán, é uma das sete maravilhas do mundo moderno
Pirâmide de Chichen Itzá, no Yucatán, é uma das sete maravilhas do mundo moderno
"Nosso objetivo no início desta gestão era criar programas que garantissem que o México prosperasse como uma potência turística. Nós relacionamos nosso sucesso acelerado com o aumento da conectividade aérea, o desenvolvimento de novos produtos turísticos, a promoção de mercados de alto potencial e pelos eventos de grande escala no país”, comentou o secretário de Turismo do México, Enrique de la Madrid Cordero.

“Uma indústria de Turismo robusta cria oportunidades para que mais pessoas aprendam, trabalhem e cresçam aqui no México, o que prova o que sempre soubemos que é verdade: quando o Turismo cresce, o país cresce junto”, completou Cordero.

MAIS CONEXÕES, MAIS CHEGADAS
O compromisso de aprimorar a conectividade aérea levou o México a investimentos no desenvolvimento de parcerias estratégicas com companhias aéreas e hotéis. Como resultado, desde 2012, o país registrou aumentos de 33%, 96% e 127% em chegadas de visitantes da Europa, América do Sul e Ásia, respectivamente.

Nos últimos anos, as rotas nacionais cresceram 41%, enquanto as internacionais aumentaram 28%. No total, mais de 1,5 milhão de assentos foram adicionados aos voos diretos ao país em 2018.

O Brasil é atualmente o sexto mercado mais importante para o México. Durante os primeiros oito meses do ano, 236 mil brasileiros visitaram o país, resultando em um crescimento de 22,9% desde 2014. Em 2012, 62 voos sem escalas ligavam os países mensalmente. No ano passado, o número de conexões subiu para 80.

EXPLORANDO NOVOS DESTINOS
O crescimento constante ao longo dos anos também se deve à diversificação das ofertas turísticas. Cidades como Cancun, Playa del Carmen e toda a região da Riviera Maya já não são os únicos destinos para quem busca belas praias mexicanas. Puerto Vallarta, Riviera Nayarit, Puerto Escondido e Los Cabos estão caindo cada vez mais no gosto dos turistas que desembarcam no país.

Além disso, roteiros que levam em conta a rica cultura e história do México atraem novos turistas ano a ano. Cidades como Oaxaca e San Cristóbal de Las Casas, por exemplo, costumam fazer parte das viagens de mochileiros que se aventuram no país.

GRANDES EVENTOS
Não há maior exibição e celebração da cultura, da história e das pessoas do México do que as tradicionais festividades do Dia de los Muertos, declarado Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco em 2008. Na capital, o evento gerou US$ 140 milhões em receita e 100% de ocupação hoteleira nos principais bairros turísticos da cidade: Chapultepec-Polanco, Santa Fé, Torre Mayor-Zona Rosa, Aeroporto-Foro Sol, Tlalpan-Taxqueña.

Em 2015, o Grande Prêmio de Fórmula 1 retornou ao México e foi considerado um sucesso, enquanto a Liga Nacional de Futebol Americano (NFL) realizou um dos jogos da sua temporada regular de 2017 na Cidade do México, atraindo 32,4 mil visitantes, sendo cerca de 10 mil internacionais.

RECONHECIMENTO
Pelos serviços e experiências oferecidas aos visitantes, o México recebeu diversos prêmios, incluindo o Travvy Awards por ser o destino número um para viagens em família, o título de melhor destino de lua de mel para a Riviera Maya e o segundo lugar mundial em viagens LGBT. Oaxaca ficou na quinta colocação da lista de "Lugares que você precisa visitar em 2018" da National Geographic e Los Cabos ficou entre os 52 lugares recomendados pelo New York Times.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA