TURISMO

Paraty e Ilha Grande (RJ) agora são patrimônios da humanidade


Gabriel Toledo
A cidade histórica de Paraty, na Costa Verde do Rio de Janeiro, foi tombada pela Unesco
A cidade histórica de Paraty, na Costa Verde do Rio de Janeiro, foi tombada pela Unesco
A região de Paraty e Ilha Grande, no Rio de Janeiro, foi reconhecida hoje (5) pela Unesco como Patrimônio Mundial. A área, que é a 22ª a ser tombada pelo órgão no País, é a única por aqui classificada como sítio misto, ou seja, que inclui cultura e natureza.

Além da cidade histórica de Paraty, o título inclui 187 ilhas, o Parque Nacional da Serra da Bocaina, o Parque Estadual da Ilha Grande, a Reserva Biológica Estadual da Praia do Sul e a Área de Proteção Ambiental de Cairuçu. Cerca de 85% da mata nativa está bem conservada, tornando-a o segundo maior remanescente da Mata Atlântica.

“É uma área em que vemos de maneira excepcional e única belezas naturais, biodiversidade ímpar, manifestações culturais, um conjunto histórico preservado e testemunhos arqueológicos importantes para a compreensão da evolução da humanidade no planeta Terra”, comenta a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa.


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA