Conteúdo da Conferência de Turismo LGBT está disponível on-line

|


Divulgação
Ricardo Gomes, presidente da Câmara LGBT
Ricardo Gomes, presidente da Câmara LGBT
Com aproximadamente 1,5 mil inscrições, a 4ª Conferência Internacional da Diversidade e do Turismo LGBT contou com quase 30 horas de evento ao vivo em três dias e mais de 50 palestrantes convidados para debater temas que envolvem a comunidade LGBTQ+ nos segmentos de Turismo, cultura e dentro das empresas. Por ter alcançado uma maior audiência, todo o conteúdo da conferência virtual permanece disponível por meio da plataforma Bureau Mundo de forma gratuita.

TURISMO LGBT

Nas manhãs de 17 e 18 de novembro foram realizadas reuniões B2B agendadas com 20 representantes de destinos, companhias aéreas, hotéis e operadoras de Turismo. A iniciativa inédita da conferência teve o objetivo de promover uma rodada de negócios entre o trade turístico para o desenvolvimento do Turismo LGBT. Na sequência, houve uma série de painéis e palestras que trouxeram muito conhecimento aos 666 conferencistas inscritos para acompanhar a programação.

Além de debater a importância da capacitação e como agências e operadoras devem trabalhar este segmento, a série de painéis ainda trouxe conversas com especialistas sobre o Turismo de luxo e de romance voltados para o público LGBTQ+. A Câmara LGBT ainda promoveu encontros que falaram sobre a invisibilidade da mulher no Turismo LGBT, a diversidade das famílias LGBTs e suas especificidades, além de trazer pela primeira vez um painel sobre os desafios de travestis e transexuais no Turismo.

CULTURA LGBT

O último dia da conferência foi aberto com painéis sobre as empresas comprometidas com a diversidade e a causa LGBTQ+. Entre os destaques estão o debate sobre a cadeia de suprimentos e o credenciamento e certificação de fornecedores LGBTQ+. Mas também houve espaço para que os 359 inscritos para este momento entendessem melhor o impacto da LGPD para as empresas, além de conhecer mais sobre os desafios do empreendedorismo LGBT.

O debate sobre as possibilidades de negócios na promoção da cultura diversa encerrou a parte de painéis da edição 2020. Discutindo a produção de conteúdo audiovisual na cidade de São Paulo e as expressões LGBTQ+ na Cena Circense, os painéis apontaram como a comunidade LGBT precisa ocupar espaço na produção cultural brasileira. A conferência trouxe ainda um debate sobre as lições das apresentações on-line e uma palestra sobre o atual cenário dos Editais de Fomento.

Divulgação
Apresentação da banda As Baías no show de encerramento da conferência
Apresentação da banda As Baías no show de encerramento da conferência
Para celebrar o sucesso de mais uma edição do evento, o show de encerramento contou com a apresentação do grupo "As Baías", trio formado por Assucena Assucena, mulher trans oriunda do sertão baiana; Raquel Virgínia, que veio da periferia de São Paulo e também mulher trans; e o mineiro Rafael Acerbi. A 4ª Conferência Internacional da Diversidade e do Turismo LGBT teve a PANROTAS como media partner e a companhia aérea chilena Sky Airlines, o Estado do Mato Grosso do Sul, a NGLCC Global e a Diversa Turismo como patrocinadores. Entre os apoiadores estavam Air Canada, Visit Argentina, Bahia, Canopy, Encantos do Jalapão, Espanha, Fairmont Rio, Seychelles, Mondoramas, Orinter, Mônaco, Provence-Alpes-Côte d'Azur, Pullman Ibirapuera, Cidade de São Paulo, Stoli, Tulip Inn e Visual Turismo.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA