MOVIMENTAÇÃO

Teté Bezerra deixa a presidência da Embratur

A ex-deputada Teté Bezerra encaminhou hoje ao ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, sua carta de demissão do Instituto Brasileiro de Turismo. Mesmo com o apoio de diversas entidades do trade e da Frente Parlamentar do Turismo, Teté entende que deve deixar Álvaro Antônio à vontade para formar sua própria equipe de trabalho.

Emerson Souza

No documento, a ex-presidente da Embratur elogiou a decisão do presidente Jair Bolsonaro de manter o Ministério do Turismo. Para ela, foi uma sinalização de que o Turismo entrou na pauta econômica do governo, podendo cada vez mais gerar empregos, renda e oportunidades para os brasileiros. “Países que entenderam isso, como Portugal, Espanha e Grécia, estão vencendo suas crises econômicas através do turismo. E o Brasil pode seguir esses exemplos”, avaliou.

Durante a última edição do Fórum PANROTAS, realizada nos dias 19 e 20 de março, em São Paulo, o ministro do Turismo afirmou que o novo presidente do Instituto deverá ser anunciado em breve. Apesar de não revelar quem será o encarregado da missão, o ministro deixou claro que ele não será de Minas Gerais, mas que possivelmente seja do Rio de Janeiro.

Na ocasião, Álvaro Antônio, afirmou que a Embratur terá um papel mais amplo durante o governo Bolsonaro, com outra nomenclatura e novas formas de atuação na promoção internacional do Brasil, para ter mais agilidade e melhores resultados.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA